15 49.0138 8.38624 1 0 4000 1 https://www.nitronews.com.br/blog 300 true
8 Passos - Planejar um Calendário

8 passos para planejar um calendário de campanhas de marketing eficiente

Não fazer o planejamento do calendário de campanhas de marketing é um dos erros mais comuns nas pequenas e médias empresas. Mas, se você veio até aqui buscar um passo a passo de como realizar essa atividade, nós temos certeza que você não cometerá esse erro.
Nossos especialistas prepararam esse conteúdo completo para que você consiga planejar o seu próprio calendário de marketing. Coloque-o em prática e tenha dados para mensurar os seus resultados.
Confira!

1. Encontre o formato de calendário ideal para sua equipe

Calendário

É importante que o calendário seja digital e de fácil acesso em qualquer lugar, ou seja, que esteja na nuvem. Entretanto, você deve encontrar em formato que seja eficiente e prático no dia a dia.
Algumas dicas são: baixar algum template na internet de calendário, utilizar um calendário do Google Agenda, ou como uma opção saindo do formato calendário, utilizar a ferramenta Trello, que é um gerenciamento de projetos.
Você deve encontrar a melhor forma de você definir o período da campanha, quais as redes sociais serão utilizadas nesta campanha e o que será realizado em cada plataforma. Além disso, você deve também ter uma forma de destacar as ferramentas de marketing digital que você utilizará no período (blog post, e-mail marketing, entre outros).
Enfim, não existe o melhor formato, o importante é que quem gerenciará isso, seja uma pessoa ou uma equipe inteira, esteja confortável com a ferramenta e não tenha dificuldades de edição, de entendimento das tarefas, ou de acesso remoto, por exemplo.

2. Defina datas comemorativas

Datas Comemorativas

Antes de você definir qualquer período de campanha de marketing, é importante estabelecer as datas comemorativas comuns do país e as que são relevantes para o seu negócio.
A importância da definição das datas é importante por dois motivos:

  • Você não correrá o risco de agendar uma campanha “errada” em alguma data comemorativa;
  • Você não correrá o risco de esquecer-se de definir a campanha “correta” no período de data comemorativa.Acredite, dependendo do seu ramo de negócio, qualquer um desses erros pode gerar uma crise no seu negócio. O varejo, por exemplo, tem suas campanhas de marketing totalmente datadas pelas comemorações comuns da sociedade (Dia das Mães, dos Pais, das Crianças, Páscoa, Natal etc).
    Qualquer outra data importante para o seu negócio também deve ser colocada nesta etapa do planejamento do calendário. Se o seu público-alvo são médicos, por exemplo, não deixe de procurar quando é o Dia do Médico para que você planeje alguma campanha para aquela semana.

3. Adicione as campanhas de marketing

Campanhas de Marketing

As campanhas são bem individuais de cada negócio, pois depende muito do seu mercado e dos seus interesses para você definir as campanhas ideias para você. Algumas empresas costumam utilizar-se de planejamento trimestral, semestral e anual. Escolha qual é o período que é mais eficaz para o seu planejamento.
O que podemos lhe auxiliar aqui é que as suas campanhas podem ser promocionais, educacionais, sociais e institucionais. Vamos falar sobre cada um delas:
– As promocionais são focadas no seu produto ou serviço – algum desconto ou frete grátis ou algum benefício para adquirir o produto.
– As educacionais são consideradas conteúdo relevante para o seu público-alvo. Alguns exemplos que podemos dar aqui para você são: um blog post falando sobre algum problema que você já identificou que seu público-alvo tem ou respondendo de forma completa as principais dúvidas que você recebe dos seus clientes.
– As campanhas sociais englobam trabalhos sociais que a sua empresa realiza no meio onde está inserida. Além de mostrar que a sua empresa se preocupa com a sociedade também incentiva os seus colaboradores a fazerem o bem.
As pequenas e médias empresas normalmente acham que fazer campanhas sociais custa caro, porém, uma forma de começar é fazendo uma campanha de recolhimento de agasalhos e cobertores no inverno ou campanha de alimentos. Se cada funcionário ajudar um pouquinho, você já arrecadará o suficiente para fazer uma doação.
– As campanhas institucionais são para falar da sua empresa e mostrar o potencial que ela tem para atender aos clientes. Como exemplo, podemos destacar: a participação de integrantes em grandes eventos ou cursos para adquirir mais conhecimento, fechamento de grandes negócios no Brasil e no exterior e a abertura de novas filiais.

4. Defina qual o formato de cada campanha

Formato de Campanha

O formato do conteúdo que você vai publicar é importante para que você de fato atinja o seu público. Os formatos mais utilizados são: artigos, quizzes, vídeos, áudios, infográficos, e-books e podcasts.
Você já tem em seu calendário as datas comemorativas oficiais e as campanhas que você quer lançar. Agora você precisa pensar quais os formatos de redes sociais e de ferramentas de marketing você pretende utilizar em cada campanha.
Aqui novamente não existe certo ou errado, você vai ter que estudar a sua audiência e analisar quais os formatos que ela utiliza mais para consumir conteúdo. Após aproximadamente seis meses, você consegue já ter dados suficientes para definir os formatos preferidos da sua audiência e poderá focar mais nestes formatos.

5. Defina as redes e ferramentas

Redes e Ferramentas

Essa etapa é importante, pois cada rede é indicada para um tipo de publicação e até mesmo formato. Por exemplo, você não pode definir que todas as campanhas serão lançadas em todas as plataformas, pois o YouTube só comporta vídeos. E se nessa campanha você não produzir um vídeo, não poderá utilizar essa rede.
Por isso, a definição de cada rede dependendo do formato de publicação que você escolheu no passo 4 é importante para você fazer uma entrega de conteúdo eficiente.
Além das redes sociais, entram também as ferramentas de marketing. O e-mail marketing é a mais utilizada. Segundo a Ascend2, 82% das empresas B2B e B2C utilizam essa ferramenta.
E não é para menos. Já é comprovado que a cada U$1 gasto, o e-mail marketing traz um retorno de U$38, ou seja, um ROI de 3800%.

6. Distribua o seu budget

Distribua seu Budget

Em marketing digital, principalmente para quem está no início, nada traz muitos resultados se você não investir dinheiro. Seja para conquistar audiência, para ter maiores taxas de entrega de conteúdo ou para ter melhor posicionamento no Google.
Nós não estamos aqui para te dizer onde você deve investir o budget que você tem para o período. Mas, as dicas de ouro que podemos lhe dar baseado na nossa experiência são:
– Não coloque todo o seu investimento em um só lugar.
– Faça pequenos testes investindo quantias pequenas para entender a sua audiência.
Patrocinar post é a maneira mais eficaz para você atingir de forma certeira quem você deseja. Durante a configuração do patrocínio você pode escolher gênero, localização, idade, interesses, renda, profissão, cargos etc.
É um mundo a parte que o mundo digital proporciona e que a publicidade tradicional não consegue entregar com tanta eficiência. Use deste diferencial a seu favor e entregue conteúdo relevante ao público que de fato se interessa por ele.

7. Esteja aberto para oportunidades de posts

Oportunidades

Agora você tem o calendário com as datas comemorativas e as campanhas que a sua empresa vai lançar ao longo do período que você planejou. É importante nesse passo você estar alerto que o seu calendário deve estar aberto a oportunidades de posts que surgirem junto com as tendências das redes sociais.
Os populares memes são uma ótima forma de engajar o seu público e iniciar uma conversa. Eles devem ser planejados com certa urgência, assim que a sua equipe identificar uma oportunidade de utilizar o meme no seu ramo de negócio. Às vezes não é um meme, pode ser uma hashtag que está em alta ou alguma “brincadeira” que ficou famosa nas redes sociais.
O que é importante destacar aqui é: não perca o timing da sua postagem. Se você demorar muito, perderá a graça e você estará atrasado. E nas redes sociais, as coisas acontecem de forma rápida e alguns dias já são suficientes para não estar mais em contexto.
Um exemplo bem bacana que aconteceu recentemente foi a hashtag “10yearchallange”, onde empresas e pessoas utilizaram de fotos atuais e de 10 anos atrás para um momento de comparação e reflexão do que aconteceu nesses 10 anos.
A sua equipe deve estar bastante atenta ao que está acontecendo, as famosas trends são bastante úteis para lançar conteúdo viral na rede. Vale ressaltar aqui que você não precisa entrar em todas as trends que forem lançadas nas redes. Use essa oportunidade somente para aquelas que você consegue fazer uma ligação com o seu negócio. O tiro pode sair pela culatra quando for mal utilizado.

8. Mensure os resultados

Mensure resultados

De nada adianta você planejar e executar plenamente o seu calendário editorial se você não medir os resultados das suas ações. E o mais importante aqui é você coletar dados suficientes para tomar decisões para mudar a estratégia de uma próxima campanha que está no seu calendário editorial.
A dúvida que você deve estar tendo no momento é, “mas como eu meço os resultados?”. Um dos motivos que o marketing digital tem um ROI muito maior do que a publicidade tradicional é que:
– O marketing digital consegue entregar exatamente para o público que você define.
– O marketing digital consegue lhe fornecer dados exatos de entrega para esse público.
Imagine que você tem um outdoor em uma das ruas mais movimentadas da sua cidade. Você consegue mensurar exatamente quantas pessoas passaram por lá na última semana realmente foram atingidas pelas informações que você disponibiliza neste outdoor? E você consegue mensurar de forma exata quantas pessoas procuraram a sua empresa porque viram o outdoor? Não.
Por outro lado, o e-mail marketing, por exemplo, consegue lhe dar dados de quem foram as pessoas que receberam aquele e-mail, quantas pessoas o abriram, quantas pessoas clicaram nos botões disponíveis do e-mail.
As redes sociais possuem uma aba que é só de mensuração de resultados de cada post que você fez e você pode buscar lá os dados que você deseja mensurar. Lá também você pode conhecer melhor o seu público, pois você tem acesso à porcentagem dos seus seguidores que são homens e mulheres, faixa etária, localização, entre outros dados relevantes.
Um exemplo de mudança de estratégia para a próxima campanha baseada na mensuração de resultados é: suponha que você identifique que seu público consome muito mais conteúdo em vídeo de até 1 minuto do que um texto no seu blog.
Uma ação que você pode tomar é, aos poucos, ir produzindo mais vídeos curtos e menos conteúdo em texto. Ou, se você quer continuar com o texto, você pode fazer a leitura deste texto e disponibilizar em áudio, para que o público possa ouvir o conteúdo no fone de ouvido enquanto realiza outra atividade. No digital, quase tudo é possível e você precisar fazer os testes para conhecer bem a sua audiência.

Conclusão

Se o seu calendário editorial não existir, você vai se perder nas campanhas que você quer lançar durante o ano. Por isso, mesmo que seja um rascunho inicial, você deve sim se preocupar em reunir a sua equipe para planejar as campanhas e o período delas no seu calendário. Siga nosso passo a passo e mãos à obra!
Procure sempre trabalhar com o seu calendário com uma semana de antecedência para que dê tempo de fazer ajustes. Por exemplo, na semana do dia 1 de maio, você deve estar produzindo o conteúdo da semana do dia 7 de maio.
Sempre busque esse período de antecedência, pois imprevistos acontecem e a rede social não espera. Atrasar uma campanha pode ser bastante nocivo para os resultados das suas vendas e o timing no digital é muito importante.
Se você ainda está inseguro em como utilizar algumas ferramentas na sua estratégia de marketing digital, saiba que somos especializados em e-mail marketing e podemos analisar o uso dessa ferramenta na sua estratégia. Como já falamos no texto, o uso do e-mail marketing traz grandes resultados para os negócios, sejam eles B2B ou B2C.
Entre em contato conosco e vamos conversar sobre o seu negócio para que você tenha segurança para criar um calendário editorial que trará muitos frutos para a sua empresa!

emails automatizados
Post anterior
18 emails automatizados que você poderia estar enviando para seus clientes
criar newsletters
Próximo post
Como criar newsletters que envolvem os leitores e aumentam o engajamento

Aprenda sobre marketing digital!

Fique por dentro das novidades em nosso blog e obtenha o máximo de suas ações de marketing digital.

Email cadastrado com sucesso!