15 49.0138 8.38624 1 0 4000 1 https://www.nitronews.com.br/blog 300 true
host-para-o-site-da-sua-empresa-no-Wordpress

Como escolher um host para o site da sua empresa no WordPress

Se você tem uma empresa, com certeza precisará de um site. As empresas sem presença online enfrentam um grande desafio, porque vivemos em um mundo conectado onde as pessoas descobrem novos produtos, serviços e negócios pesquisando-os na internet. 

WordPress é o software mais utilizado para a construção de websites. Se você escolher o WordPress para criar seu site, primeiro você precisará encontrar uma hospedagem adequada. Somente depois de encontrar uma hospedagem web você pode instalar o WordPress, ajustar as configurações e editar o conteúdo do seu site.

Como escolher sua hospedagem web para seu site no wordpress?

Existe um grande número de soluções e ofertas de hospedagem para sites WordPress. É fácil se perder quando você não é um especialista no assunto. 

Para ver com mais clareza, começaremos apresentando 5 tipos de hospedagem possíveis. Terminaremos com um zoom nas principais soluções atualmente disponíveis no mercado em termos de hospedagem  dedicada WordPress ou hospedagem compartilhada. Este artigo é destinado principalmente a líderes de projeto que desejam criar um site WordPress ou, pelo menos, ter controle sobre a hospedagem, sem ter habilidades técnicas. 

No meio dessa selva, uma coisa é certa: se você deseja instalar extensões e o tema de sua escolha, você deve obter uma assinatura com um provedor de hospedagens, depois instalar o WordPress e configurar seu site.

Para garantir que você faça uma escolha informada, este artigo o ajudará a limpar o terreno para ajudá-lo a escolher a oferta de hospedagem  que atenda às suas necessidades.

Como funciona um site ? 

Há milhões de nós usando a internet todos os dias, mas você realmente entende como ela funciona?

Para manter as coisas simples, eis o que acontece quando você deseja exibir uma página em um site:

Digamos que você queira ler um blog, escolha um ao acaso: nitronews;).

Quando você digita “nitronews.com.br” em seu navegador (Chrome, Firefox, Safari etc.), a página inicial do nitronews é solicitada ao provedor de hospedagem deste site.

O servidor carrega os arquivos do WordPress necessários para exibir a página inicial e faz várias solicitações ao banco de dados para encontrar o conteúdo a ser exibido.

Em seguida, a base de dados retorna o que os arquivos do servidor solicitaram e o servidor faz uma página HTML / CSS (graças ao tema WordPress), na qual insere o conteúdo.

Quando a página está pronta, o servidor a envia para o seu navegador. Este último se encarregará de interpretar o código para exibir a página com um layout correto (porque algumas linhas de código não são muito legíveis).

Este processo levará o usuário diretamente a página inicial 

Qual oferta de hospedagem escolher para seu site?

Os principais serviços oferecidos pelos provedores de hospedagem são :

  • Um espaço de armazenamento para colocar os arquivos do seu site (o servidor).
  • Um banco de dados para armazenar seu conteúdo, bem como as opções do seu site.

Os provedores de hospedagem  também oferecem outros “acessórios”, para interfaces de administração dedicadas como um cPanel, por exemplo. Isso permite que você gerencie seu banco de dados, configure suas caixas de correio, intervenha em seu nome de domínio ou configure redirecionamentos, com apenas alguns cliques.

Geralmente, as ofertas de hospedagem são combinadas com uma oferta de nome de domínio.

O nome de domínio (ou NDD) corresponde ao endereço do seu site. Para dar um exemplo, o nome de domínio deste blog é “nitronews.com.br”.

Este artigo não se destina a fornecer conselhos sobre como escolher um nome de domínio, mas escolha um que seja legível, memorável e impactante.

Outro ponto importante antes de prosseguir: não escolha um NDD com acentos ou extensões exóticas. Fique em .com, .br, .net, etc.

Quais são as necessidades de hospedagem do wordpress?

O WordPress precisa que sua hospedagem tenha certas características para funcionar corretamente. Os pré-requisitos são os seguintes:

  1. PHP é a linguagem em que o WordPress é escrito. O servidor deve ser capaz de lê-lo para exibir seu site. Versão recomendada para PHP: 7.4 (ou superior).
  2. MySQL é a linguagem de banco de dados do WordPress. Versão recomendada para MySQL: 5.6 (ou superior).
  3. Suporte para HTTPS, que protege a conexão a um site.

Se você estiver usando versões anteriores às mencionadas acima, esteja ciente de que o WordPress também funciona com pelo menos PHP 5.6.20+ e MySQL 5.0+. Mas, neste caso, você se expõe a vulnerabilidades de segurança mais significativas do que com versões atualizadas. 

Classificação das ofertas de hospedagens

Embora cada provedor de hospedagem  tenha suas especificidades, as ofertas podem ser agrupadas em várias categorias.

Não estou recomendando nenhuma oferta em particular para você neste momento, pois tudo depende do seu projeto. Por exemplo, um pequeno site associativo não tem as mesmas necessidades de um blog visitado por 30.000 pessoas por dia.

Então, vamos rever as diferentes ofertas de hospedagem que você pode encontrar na internet:

  1.  Hospedagem gratuita 

Sim, é possível hospedar seu site gratuitamente, mas não recomendo que você escolha essa oferta.

Em primeiro lugar, se for gratuito, há uma boa chance de o host exibir anúncios pop-up em seu site.

Seja qual for o seu objetivo, exibir anúncios aos visitantes não é muito legal e prejudicará sua reputação mais do que qualquer outra coisa.

Mesmo que os anúncios não sejam exibidos, as ofertas gratuitas geralmente são restritas em comparação com as ofertas pagas. Portanto, você terá que investir em um ponto ou outro.

O anfitrião também pode compartilhar seus dados pessoais com terceiros, então tome cuidado.

  1.  Hospedagem Compartilhada

Se está apenas começando, há boas chances de optar por esse tipo de hospedagem. As ofertas de hospedagem compartilhada são as mais acessíveis e oferecem um nível aceitável de recursos para começar.

Concretamente, você pode ver uma hospedagem compartilhada como um condomínio residencial. O espaço que você ocupa no servidor (no prédio) e os recursos são compartilhados com outros sites (seus vizinhos).

Visto que serão vários sites a ocupar o mesmo servidor, os recursos serão limitados para que cada um dos ocupantes possa ter recursos equivalentes.

Isso significa que se o seu site se tornar popular (o que espero que você faça!) Você precisará migrar para um plano de hospedagem, ou algum outro tipo de hospedagem, para não canibalizar os recursos de seus vizinhos. 

A hospedagem compartilhada é recomendada para sites independentes, microempresas, PMEs, sites associativos e blogueiros.

  1. VPS ( Servidor Virtual Privado) 

Se  seu site se tornar tão popular que você não terá mais a opção de atualizar para uma oferta compartilhada superior, parabéns, porque você deve ter feito um ótimo trabalho de promoção!

Agora é a hora de avançar para o próximo nível com um acordo VPS.

A hospedagem VPS (Virtual Private Server) é uma solução que requer certas habilidades.

De fato, com um VPS você terá que configurar seu servidor de A a Z. Obviamente, você terá que inserir instruções de linha de comando para instalar e configurar módulos (Apache, PHP, PHPMyAdmin, etc.).

Na hospedagem compartilhada, tudo já está configurado para você. Com um VPS, você tem que sujar as mãos.

Você provavelmente está se perguntando o que significa a palavra “Virtual” em VPS. Concretamente, o servidor físico possui um software que permite a criação de vários servidores independentes.

Como esses “sub-servidores” não existem de fato, eles são considerados virtuais.

Quanto à palavra “Privado”, esta corresponde ao facto de cada um dos servidores virtuais serem independentes entre si.

Em outras palavras, se ocorrer um problema em um dos servidores virtuais, não afetará os outros

Existem os chamados hospedagem VPS “gerenciados”, ou seja, o servidor virtual é pré-configurado.

Uma das vantagens do VPS é que você pode alterar seu plano tarifário sem muita complexidade. Se você precisar de mais recursos (espaço em disco, capacidade de computação, RAM, etc.), tudo o que você precisa fazer é alocar mais no console administrativo.

Ele também oferece muita flexibilidade: por exemplo, você paga apenas pelos recursos e armazenamento que consome e pode adicioná-los ou removê-los facilmente.

A hospedagem VPS é recomendada para empresas de médio porte, blogueiros que recebem milhares de acessos por dia e sites com boa visibilidade.

  1.  Hospedagem dedicada

No caso de hospedagem dedicada, você não compartilha mais seu servidor com outros sites, mas passa a ter um servidor só para você!

A principal vantagem é que você se beneficia de todos os recursos da máquina (existem configurações mais ou menos poderosas). Aqui você pode instalar o software de que precisa para o seu site.

Resumindo, você está em casa :).

A desvantagem é que você terá que administrar como um adulto. 

Essas operações requerem um nível bastante alto de especialização para que seu servidor seja configurado de forma otimizada. Você pode precisar contratar alguém para fazer este trabalho.

Se você estiver embarcando em uma configuração de servidor dedicado (ou VPS), seja extremamente cuidadoso com a segurança. Essas coisas não devem ser consideradas levianamente.

A hospedagem dedicada é recomendada para grandes empresas, blogueiros muito influentes e sites com muito tráfego.

  1. Hospedagem especializada do  WordPress

Alguns provedores de hospedagem  oferecem ofertas especialmente projetadas para sites que usam WordPress. Concretamente, essas ofertas incluem coisas que vão muito além do que um host tradicional oferece (independentemente do tipo de hospedagem).

Os hosts WordPress especializados configuram uma infraestrutura que visa tornar o seu site WordPress mais eficiente e seguro do que a hospedagem tradicional.

Basicamente, você não se preocupa com nada (exceto postar ótimo conteúdo em seu site). Por outro lado, a tranquilidade tem um preço .

Planos de hospedagem especializados em WordPress geralmente começam entre US $ 20 e US $ 30 por mês para um único site.

A hospedagem especializada em WordPress é para blogueiros e empreendedores que podem pagar, mas também para pessoas que desejam delegar tecnologia o máximo possível.

Como a escolha pode afetar a sua estratégia de marketing ?

A otimização de sites para mecanismos de pesquisa é  mais do que nunca, um grande problema digital. Vamos dar uma olhada em como a escolha de um host pode impactar seu SEO:

Os proprietários de sites tendem a se concentrar primeiro nas técnicas de SEO on-page e off-page, às vezes ignorando a importância que o host tem para seu site. 

Embora seja verdade que uma boa hospedagem não melhora diretamente as classificações do seu site nos motores  de busca, uma hospedagem ruim  pode por outro lado  penalizar seu site. Imagine o que acontecerá se um visitante obtiver um erro de servidor ao visitar sua página ou se a página expirar? É óbvio que, sem pensar, ele passará para outro site entre os tantos outros disponíveis no Google.

Você estará cometendo um erro potencialmente caro se achar que hospedar seu website e otimizá-lo para os mecanismos de pesquisa são duas coisas diferentes. Veja aqui mais  informações sobre tais  serviços​​. Até certo ponto, sua escolha de hospedagem afetará seu sucesso de SEO.

A maioria dos webmasters, especialmente aqueles com orçamento limitado ou apenas começando, procuram frequentemente a hospedagem na web mais barata para seus sites. Alguns deles até optam por hospedagem gratuita. No entanto, recorrer a uma hospedagem realmente barata ou gratuita nunca é uma decisão sábia se você deseja que seu site seja bem-sucedido.

Impacto da velocidade de carregamento do site no SEO

Além de ter conteúdo relevante e útil, seu site também deve ter velocidade de carregamento ideal. Quão rápido ? Simplesmente rápido o suficiente para que seu visitante não perca a paciência!

Um bom host carregará rapidamente os elementos do seu site, sejam imagens, vídeos ou outras coisas técnicas, como scripts.

Os clientes não gostam de esperar. Isso se aplica a pesquisas em computadores e dispositivos móveis. Um site lento envia um sinal errado para o Google, que em breve mudará seu posicionamento.

Qualquer pessoa que chegar a um site muito lento provavelmente sairá dele em segundos. No mundo do SEO, isso é chamado de taxa de rejeição e pode afetar o seu SEO.

Uma taxa de rejeição ruim (a porcentagem do total de visitantes que saem sem interagir com o conteúdo ou visitar outra página) pode levar rapidamente a penalidades dos mecanismos de pesquisa.

Cache do servidor web

Simplificando, o cache do servidor permite que você armazene uma versão do conteúdo mais popular do seu site para uma recuperação mais rápida.

Isso evita que seu servidor tenha que reunir dados do zero sempre. O benefício do armazenamento em cache depende da complexidade e popularidade das páginas.

Os grandes provedores de hospedagem  que realmente se preocupam com a velocidade do servidor têm seus próprios sistemas de cache.

Escalabilidade para cargas de pico

Quanto mais frequentado o seu site, mais problemas de escalabilidade podem surgir. Você não quer que a velocidade de carregamento do seu site diminua quando você começar a receber mais tráfego de pesquisa ou se tornar viral. Quanto mais o servidor lida com o tráfego adicional, mais ele é considerado escalonável.

Outra questão importante é o tráfego permitido, ou seja, a quantidade de visitantes que podem acessar nosso site por mês.

A maioria dos hosts da Web fornece de 1 a 3 gigabytes e alguns deles oferecem tráfego ilimitado.

Para um pequeno projeto ou um projeto que está sendo iniciado, geralmente é suficiente ter alguns gigabytes de tráfego mensal. Você terá tempo para se inscrever em projetos maiores à medida que seu site crescer.

Encontrar um provedor de hospedagem para instalar o WordPress pode ser intimidante, mas quando você entender melhor quais são as diferentes ofertas, poderá ver um pouco mais claramente.

Para recapitular, se você é um iniciante, eu o aconselho a escolher hospedagem compartilhada. Isso permitirá que você coloque as mãos na massa sem gastar muito tempo e dinheiro.

Quando seu site ganhar notoriedade, você pode mudar para ofertas que dão acesso a mais recursos. Isso será inevitavelmente mais caro, mas é necessário para que seus visitantes possam acessar seu site em segurança.

Então, você tem mais dicas que podem ajudar os usuários a achar a hospedagem mais adequada para seus projetos no wordpress ?   

Partilha com a gente aqui nos comentários.

capa-aumentar-vendas-ecommerce
Post anterior
5 Estratégias para Aumentar as Vendas no E-commerce
Capa importância dos cliques
Próximo post
A importância dos cliques em email marketing

0 Comentário

Deixe uma resposta

Aprenda sobre marketing digital!

Fique por dentro das novidades em nosso blog e obtenha o máximo de suas ações de marketing digital.

Email cadastrado com sucesso!