15 49.0138 8.38624 1 0 4000 1 https://www.nitronews.com.br/blog 300 true
Como utiilizar Seo local

Como utilizar o SEO local para atrair mais clientes

Neste momento, é muito possível que alguém na sua região, cidade ou até mesmo bairro esteja buscando por uma empresa como a sua, necessitando exatamente do serviço que você oferece.

Com tanta concorrência nos mecanismos de busca, como atrair essas oportunidades de negócio imediatas, que estão surgindo tão perto da sua empresa?

O SEO local é uma área do marketing digital que pode resolver esse impasse. Trata-se de uma série de estratégias de otimização criadas para melhorar o posicionamento orgânico do seu site especificamente para pesquisas realizadas nos arredores da sede do empreendimento.

Neste artigo, vamos conversar um pouco sobre como funciona essa possibilidade e quais são as vantagens que podem ser obtidas pela sua empresa.

Ficou interessado? Vem com a gente.

O que é o SEO local?

O que é o SEO local

Assim como qualquer outra técnica de Search Engine Optimization, o SEO local é voltado a trabalhar o ranqueamento do site da empresa nas ferramentas de busca. No entanto, a diferença está no elemento central utilizado para fazer esse trabalho: o recurso de geolocalização.

A estratégia é centrada em posicionar melhor sempre que um usuário busca por palavras-chave correspondentes à sua área de atuação utilizando os recursos de localidade do Google como norte.

O trabalho é focado em gerar um resultado orgânico quando o potencial cliente faz uma pesquisa utilizando as sugestões “perto de mim” ou citando o município e/ou bairro em que esteja.

A inteligência dos algoritmos do próprio buscador também é um fator levado em consideração. Afinal, quando um usuário busca por um termo inespecífico relacionado a negócios, sem nenhum detalhamento (por exemplo, “estúdio de tatuagem”, sem maiores especificações), a conclusão automática é que a pessoa que está fazendo a pesquisa quer encontrar os estabelecimentos mais próximos a ela.

A partir dessa premissa, a missão de quem investe em SEO local é aprimorar ao máximo as informações inseridas no Google Meu Negócio – a página que faz com que o box com os dados de contato da sua empresa apareçam na lateral direita da tela quando alguém faz uma pesquisa relacionada a ela – e fazer um trabalho forte para mostrar a importância do empreendimento no local em que funciona.

Como funciona o ranqueamento de SEO local?

Como funciona o ranqueamento de SEO local

Existem, essencialmente, três critérios básicos que formam o tripé de um bom posicionamento no Google de acordo com os requisitos levados em consideração no SEO local.

São eles:

  • Distância;
  • Relevância;
  • Popularidade.

Vamos entender um pouco mais sobre como cada um desses critérios funciona?

1. Distância

Distância

Não é difícil compreender porque a distância a que um estabelecimento se encontra do usuário que está fazendo a pesquisa é importante quando falamos de empreendimentos, não é verdade?

O algoritmo do Google é aprimorado constantemente para, sempre, proporcionar a melhor experiência possível a quem está pesquisando. Por isso, trabalha sempre para oferecer o resultado mais relevante possível. No caso de quem está buscando por um tipo de negócio específico, o fator proximidade é muito importante para tomar uma decisão.

Esse detalhe é particularmente importante num cenário em que 50% dos usuários realizam suas pesquisas por smartphone. Graças ao GPS, os celulares, por sua vez, oferecem uma localização geográfica ainda mais precisa, que transforma a distância em um ponto crucial para que o usuário decida a que empresa vai recorrer.

2. Relevância

Relevância

Assim como ocorre em outros tipos de estratégia de SEO, a relevância do resultado é um fator determinante para seu posicionamento na busca.

Esse critério diz respeito ao percentual de correspondência entre a palavra-chave pesquisada pelo usuário e a sua empresa. Para decidir isso, o algoritmo irá usar os dados informados por você no ato da configuração da sua página no Google Meu Negócio.

3. Popularidade

Popularidade

Entre os critérios que compõem o tripé, a popularidade é o mais complexo.

Nesse item, o Google leva em consideração a reputação do seu negócio no mundo digital. Assim como em qualquer outra estratégia de SEO, são considerados fatores como links que redirecionam para o site da empresa, por exemplo.

Pela natureza desse tipo de pesquisa, o buscador também computa as avaliações e comentários feitos pelos seus clientes. Por isso, o call to action e qualquer tipo de incentivo para engajar sua clientela a deixar esse tipo de feedback virtual é muito importante.

No entanto, além disso, há um outro fator crucial: o Google leva em consideração a popularidade da sua empresa no mundo offline, levando em conta quantas pessoas visitam o negócio diariamente.

E como a ferramenta de busca sabe disso? Simples: analisando os dados de usuários que ativam o dispositivo de histórico de localização do Google.

Então, não basta construir uma popularidade sólida na internet. É preciso que esse trabalho se traduza em movimento na vida analógica, também.

Além dos critérios especiais

Além dos critérios especiais

Como ainda se trata de uma estratégia de ranqueamento, um bom trabalho de SEO local não contempla apenas esses critérios específicos.

Para trabalhar o posicionamento orgânico do site da empresa, também é necessário investir em otimizações tradicionais, feitas diretamente na página do seu negócio. O trabalho é o mesmo de sempre: informar ao buscador que seu website oferece algo de relevante para seu público-alvo.

Isso é feito por meio de práticas comuns de SEO, como:

  • Práticas de Inbound Marketing;
  • Otimização voltada a user experience (UX);
  • Trabalho de link building;
  • Responsividade e segurança.

.

Como acontece o ranqueamento no SEO local

Como acontece o ranqueamento no SEO local

O trabalho voltado a SEO local trabalha para ranquear bem o resultado em três frentes. Para entender quais são eles, vamos lembrar como o Google exibe resultados quando buscamos por um negócio?

Ao digitar, por exemplo, “farmácias em Salvador” na barra de busca, a primeira coisa que veremos é um mapa da região informada. Logo abaixo, veremos três links correspondentes aos três resultados principais, com sua avaliação, e endereço e horário de funcionamento logo abaixo. Essa seção é chamada de Local Pack.

Imediatamente após o Local Pack, veremos um link azul, com a descrição “Mais Lugares”. Ao clicar nele, somos redirecionados a uma segunda página, que contém uma listagem com mais resultados além daqueles três primeiros exibidos originalmente. Essa lista é chamada de Local Finder.

Por fim, na página com os resultados de busca, abaixo do Local Pack e do link “Mais Lugares”, veremos os resultados orgânicos, exatamente como em uma pesquisa convencional.

Um trabalho consistente de SEO local tem o objetivo de posicionar sua empresa no melhor ranking possível nesses três espaços: Local Pack, Local Finder e resultados orgânicos.

Como fazer o trabalho de otimização para SEO local

Como fazer o trabalho de otimização para SEO local

Como dissemos anteriormente, continuar trabalhando as estratégias de SEO tradicionais em seu site é um fator importante para o ranqueamento nos resultados orgânicos.

Contudo, para melhorar seu posicionamento no Local Pack e no Local Finder, será necessário dedicar esforços para otimizar o Google Meu Negócio.

A ferramenta é relativamente simples. A partir do cadastro inicial, feito com algumas informações básicas da sua empresa – como nome, endereço, categoria e a possibilidade de atender clientes a domicílio, por exemplo – e de uma confirmação simples realizada com um número de celular, já será possível visualizar o box com os dados do seu negócio sempre que fizer uma pesquisa relacionada no Google.

Depois disso, o Google irá fazer uma segunda verificação, que acontece pelo correio. Dentro de alguns dias, uma carta do Meu Negócio vai chegar até o endereço da empresa informado na ferramenta. Esse documento terá um passo a passo explicando como dar continuidade à confirmação do cadastro.

E pronto! A partir disso, será possível administrar sua página no Google Meu Negócio. Por lá, será viável adicionar conteúdo multimídia (como fotos e pequenos vídeos, por exemplo) e. principalmente, acompanhar suas avaliações, que serão muito importantes para garantir o sucesso da sua estratégia de SEO local.

Além das informações básicas, também existem outros recursos importantes, como a possibilidade de inserir perguntas e respostas, a publicação de breves notícias sobre a empresa, e a disponibilização de preços e ofertas, sobretudo com a ferramenta de anúncios pagos.

Trabalhando técnicas de SEO localmente

Trabalhando técnicas de SEO localmente

Além do Google Meu Negócio, outra frente fundamental é adequar as estratégias clássicas de SEO para aumentar a relevância do seu site localmente.

Há pelo menos dois meios muito eficazes de fazer isso: investindo na produção de conteúdo e no link building.

1. Produção de conteúdo

Produção de conteúdo

A criação de conteúdo relevante é uma das estratégias de SEO mais básicas. No entanto, o que pouca gente sabe é que é possível adaptá-la para melhorar o posicionamento do seu negócio nos motores de busca a nível local.

A chave para isso está na escolha dos temas. Imagine, por exemplo, que seu negócio seja um pequeno hostel em Recife. Vale investir em conteúdos voltados à região que interessem seu público-alvo, como:

  • Dicas de passeios na cidade e nos arredores;
  • Listas com as melhores praias ou restaurantes da região;
  • Dicas de como viajar por Pernambuco gastando pouco;
  • Dicas para o carnaval de Recife.

Assim como acontece normalmente na produção de conteúdo, invista na busca de palavras-chave para ter mais ideias e mostrar aos buscadores que sua página é relevante para quem vive ou passeia na sua região. Tudo isso conta para o ranqueamento local.

2. Link Building

Link Building

A construção de backlinks também pode ser feita em escala local. Para isso, é necessário ser citado por sites de empresas locais.

Nesse caso, o trabalho de garimpar bons links pode ser um pouco mais complexo que o normal. Afinal, será necessário fazer uma busca bem mais afunilada e específica.

Quando for verificar as URLs dos possíveis sites parceiros, é necessário ter atenção redobrada aos detalhes. Primeiramente, é preciso observar os critérios tradicionais, como qualidade e confiabilidade. Mas, além disso, também é imprescindível estar atento a outro detalhe: os dados NAP.

Os dados NAP são, basicamente, informações sobre o registro de um website. Esses dados incluem endereço e telefone vinculados à página, bem como o nome da pessoa responsável pelo registro do domínio.

É com base nesse cadastro que o Google vai definir se o backlink conta para a relevância do SEO local. Uma empresa da sua cidade que tenha o cadastro errado ou inconsistente, por exemplo, não irá contabilizar para esse tipo de estratégia – mesmo que a sede física do negócio seja no seu bairro ou município. Por isso, fique atento!

Palavras-chave para SEO local

Palavras-chave para SEO local

Se você pretende começar a investir em um trabalho consistente de SEO local, adaptar a sua busca de palavras-chave para essa nova realidade também é um caminho muito importante.

A pesquisa pode começar por termos mais básicos e óbvios -, por exemplo, “loja de sapatos em Curitiba”, ou “pizzaria no centro de São Paulo”. Mas vale, também, ir além da especificidade.

Invista em termos como “lanchonetes próximas de mim” ou “hotel perto do aeroporto”. Observe os arredores, leve em consideração locais de referência (como pontos turísticos famosos, por exemplo) para refinar sua pesquisa.

Vale, também, usar palavras-chave que não necessariamente remetam à localidade em si, mas que sejam comumente pesquisados por quem está buscando por algo nos arredores utilizando critérios qualitativos, como “melhores pizzarias” ou “hotéis com melhores preços”. Use e abuse das sugestões de palavras-chave do Google e de outras ferramentas de SEO que você costume utilizar.

Além das próprias sugestões de palavras-chave do Google, vale também dar uma olhada nas indicações feitas pelo Google Keyword Planner , que tem, ainda, a opção de segmentar a sua busca por localidade e, assim, encontrar as palavras-chave ideais para sua região. Essa opção exibe as mesmas opções que qualquer outra busca de palavra-chave feita por meio da ferramenta, como cliques, impressões, CPC médio, custo e posição média.

Também é muito importante variar suas fontes de pesquisa. Busque por ideias em outras plataformas utilizadas para esse fim, como o SEMRush e o Keyword Tool.

E aí? Gostou das dicas? Quer abraçar o SEO local e investir nesse tipo de estratégia para seu negócio? Entre em contato conosco! Temos mais de treze anos de mercado e toda a expertise necessária para fazer seu negócio ficar ainda mais popular e relevante localmente.

Não deixe também de dar uma olhada nos outros artigos do nosso blog.

Post anterior
7 tendências do email marketing que aumentam suas vendas
Ferramentas para homeoffice
Próximo post
Ferramentas úteis para uso em homeoffice em tempos de corona vírus.

Aprenda sobre marketing digital!

Fique por dentro das novidades em nosso blog e obtenha o máximo de suas ações de marketing digital.

Email cadastrado com sucesso!