15 49.0138 8.38624 1 0 4000 1 https://www.nitronews.com.br/blog 300 true

Email Marketing e Marketing de Conteúdo: dicas para usá-los a seu favor

Um dos maiores benefícios do marketing de conteúdo é poder construir uma audiência – ao invés de simplesmente alugá-la através da publicidade. O melhor jeito de manter contato com esse público é o email, mas geralmente a ferramenta é usada apenas como um canal de vendas, quando deveria também compartilhar o conteúdo da sua marca.

O email é um canal de marketing com permissão. Se alguém se inscreveu para receber seus emails, essa pessoa explicitamente solicitou mais informações. Talvez ela queira aprender mais sobre um determinado assunto, ou talvez tenha um problema que seu produto pode resolver.

Por isso, a dupla email e conteúdo é uma das melhores apostas que você pode fazer para divulgar sua empresa: não tem nada melhor para popularizar a sua marca do que oferecer conteúdo realmente útil para seus clientes. Dessa maneira você não só o conquista, como também fideliza.

Hoje vamos compartilhar 10 dicas de email marketing que você pode aplicar para direcionar mais pessoas ao seu conteúdo. Essas sugestões podem ser usadas em qualquer setor, e a maioria pode ser combinada com outras táticas e ferramentas para obter um resultado ainda melhor. Confira:

1. Mantenha o foco

Se você quer que as pessoas cliquem em seus emails, torne-os o mais simples possível. Qualquer coisa além do link e algumas linhas de texto podem ser uma distração que vai afastar sua audiência desse objetivo.

A estrutura básica é geralmente a mesma para todas as empresas com campanhas bem-sucedidas de email marketing:

– Título

– Imagem

– Texto

– Botão

A ausência de distrações direciona a atenção para a chamada à ação, tornando o clique quase que inevitável. Muitas empresas nunca vão além dessa fórmula por um simples motivo: porque ela funciona.

2. Use dados comportamentais

Vamos bater mais uma vez na tecla da personalização de conteúdo, porque ela é realmente eficiente em chamar a atenção da sua audiência. Hoje em dia nós deixamos rastros e registros de todas as nossas atividades online, então aproveite essas informações para aprimorar as suas campanhas de email marketing.

Quer um exemplo? O Quora, uma espécie de mistura de rede social com Yahoo Resposta, usa os dados que recebe para atrair visitantes através do email marketing. A ferramente baseia cada envio no comportamento, e isso significa que nenhum usuário do Quora recebe o mesmo email.

Outra coisa importante a ser observada nos emails do Quora é o uso de provas sociais. Eles usam os nomes e os rostos dos usuários que criaram o conteúdo e mostram o número de pessoas que votou. Isso não apenas valida o conteúdo, como também incentiva os destinatários de email a participar de uma comunidade ativa e inclusiva.

Se você também conseguir encontrar uma maneira de inserir dados comportamentais e provas sociais em seus emails, não perca a oportunidade.

3. Use imagens atraentes

Use imagens atraentes

As imagens devem fazer parte da sua estratégia de conteúdo, não da sua estratégia de conversão. As imagens devem adicionar contexto ou ajudar os leitores a visualizar suas ideias. Isso melhora a experiência do leitor.

Já incluir imagens de ações ou outro conteúdo visual não relacionado em seus emails é uma distração. (Lembre-se da dica nº 1: mantenha o foco!)

4. Curadoria

Pode parecer estranho, mas se você estiver enviando emails orientados a conteúdo, inclua conteúdo que não escreveu.

Pense nos seus leitores. Eles precisam de educação, conselhos ou inspiração. Se alguém já publicou essas informações, compartilhe o caminho com eles. Ao enviar conteúdo útil sem criar mais, você também facilita sua vida.

O mantra de curadoria é mandá-los embora para trazê-los de volta. Você pode ficar feliz se os leitores deixarem seu email porque você indicouo ótimos materiais em outros lugares, porque sabe que eles vão amar sua marca por isso e voltarão.

Embora você possa seja principalmente um criador de conteúdo, ainda pode aproveitar a curadoria para agregar valor aos seus emails e manter seus leitores felizes e envolvidos.

5. Leve a conversão a sério

Há muitas coisas que os profissionais de marketing de conteúdo podem aprender com os jornalistas. Como escrever dentro de um prazo, a importância da qualidade do texto e da verificação de fatos. Mas há também algumas coisas que os jornalistas podem aprender com o marketing de conteúdo – principalmente a importância da conversão.

A maioria das newsletters de jornais são um amontoado de links que não atraem a audiência, enquanto as news de empresas são mais organizadas e focadas. Qual a diferença? Foco. Faz diferença canalizar sua energia criativa em um email focado apenas na meta. Nesse caso, a meta de conversão é direcionar os leitores para o blog/site.

Também é importante usar um botão, que é uma das melhores maneiras de aumentar as taxas de cliques. O Campaign Monitor relatou um aumento de 28% nas taxas de cliques quando mudaram os links de texto para os botões, por exemplo.

6. Priorize o conteúdo ao design

Priorize o conteúdo ao design

Se você leva o conteúdo a sério, seus emails devem refletir isso. Emails bonitos e responsivos são bons, mas o conteúdo é a prioridade.

A melhor maneira de vender on-line é ensinar, entregar regularmente um conteúdo valioso ao seu público, para que eles confiem em você e, eventualmente, desejem comprar de você. Então, quando você envia um email, que parte da comunicação oferece mais valor?

Isso mesmo, o conteúdo. Portanto, devemos retirar tudo que não é necessário para focar no conteúdo. Layouts de várias colunas, imagens de plano de fundo, logotipos e todas as outras bobagens que normalmente preenchem emails de marketing não agregam valor ao destinatário. Em vez disso, é tudo sobre você, o remetente. Comece a agregar valor.

7. Atenda às expectativas

Um dos maiores erros que os profissionais de email marketing cometem é aparecer inesperadamente na caixa de entrada de alguém.

Ao se comprometer com uma agenda de publicação, você também deve se comprometer com uma agenda de email. E você deve informar as pessoas o que esperar antes mesmo de assinar seus emails.

Se, por exemplo, você promete um email todos os dias, precisa cumprir essa promessa. E se você definir uma expectativa de atualizações ocasionais, não bombardeie as pessoas com emails diários.

Uma vez que a expectativa esteja definida, você deve entregar em excesso – mas faça isso com ótimo conteúdo, ideias e educação, e não mais emails.

8. Faça o melhor para o leitor

Faça o melhor para o leitor

No final das contas, as taxas de cliques são uma métrica de vaidade. O que você realmente quer conquistar não são visualizações de página… é confiança.

Às vezes, você pode atingir esse objetivo sem nunca pedir ao leitor para clicar. Alguns blogs, por exemplo, incluem o texto completo de todos os artigos em suas newsletters.

Existem opções para clicar no site, mas isso não é obrigatório. Não estamos sugerindo que isso seja adequado para todas as estratégias de conteúdo, mas é uma mentalidade que pode fazer maravilhas para aumentar o público.

9. Seja pessoal

Por alguma razão, os profissionais de email marketing costumam escrever na terceira pessoa, enviando emails por trás de uma capa de invisibilidade. Muitos emails não têm personalidade. Quanto mais você se afasta de escrever como você, mais difícil é a conexão do leitor.

Escrever emails e assiná-los com seu próprio nome adiciona um pouco de pressão ao processo de publicação. Você tem orgulho do seu conteúdo e deste email para assinar seu nome? Você está por trás disso?

É simples: as pessoas se identificam e confiam em uma pessoa muito antes de darem a mesma consideração a uma marca sem rosto. Se você deseja ganhar confiança, informe seus leitores que você acredita em seu próprio trabalho, anexando seu nome e rosto a ele.

10. Inclua conteúdo em todos os seus emails

Além de seu boletim informativo e emails promocionais, você provavelmente envia emails automatizados na forma de mensagens de boas-vindas, faturas, notificações e recibos. Existem muitos cenários em que o conteúdo pode tornar esses emails transacionais em mensagens de muito valor.

Na verdade, os emails automatizados são uma ótima maneira de envolver os leitores e apresentar seus melhores trabalhos. Como são acionados como resultado de uma ação – inscrever-se no seu blog, efetuar uma compra ou baixar um e-book -, eles podem se tornar uma fonte importante de tráfego e um recurso valioso para seus clientes.

7 maneiras de integrar seu marketing de conteúdo ao email marketing:

7 maneiras de integrar seu marketing de conteúdo ao email marketing

Confira dicas práticas para integrar o marketing de conteúdo ao email marketing de maneira prática e eficiente:

1. Segmente sua lista de assinantes

Dividir sua lista de assinantes em vários segmentos com base em localização, idade, sexo, comportamento e interesses é um excelente primeiro passo para integrar seu email e marketing de conteúdo. Você também pode formar segmentos mais avançados, como separar seus clientes pelo tipo de conteúdo que eles gostam, fornecendo a eles um centro de preferências ou por meio de análises avançadas.

Os segmentos inteligentes ajudarão você a fornecer conteúdo personalizado para o seu público. Dessa forma, você sabe que seu público recebe apenas o conteúdo que realmente deseja.

2. Envie pesquisas por email sobre as preferências de conteúdo dos assinantes

Se você não tiver certeza do que seus assinantes desejam, basta entrar em contato e perguntar a eles. Enviar um email de boas-vindas é uma ótima maneira de quebrar o gelo.

Pergunte aos novos assinantes que tipo de conteúdo eles gostariam de receber. Faça com que eles escolham com que frequência receber seus emails e você verá uma queda nos seus cancelamentos.

3. Incentive os assinantes a compartilhar seu conteúdo nas redes sociais

Incentive os assinantes a compartilhar seu conteúdo nas redes sociais

Enviar seu conteúdo para os assinantes de email engajados é crucial para colocar seu conteúdo diante do maior número de olhos possível. Quanto mais pessoas visualizarem sua postagem, maior será a probabilidade de ela ser compartilhada em vários canais sociais. E quando seus assinantes – pessoas que já são fãs dedicados da sua marca – compartilham com seus amigos, é mais provável que esses amigos entrem na sua lista e se tornem fãs também.

4. Mantenha uma voz consistente em todo o seu conteúdo

Se você realmente deseja que sua mensagem ressoe com os leitores, verifique se a voz da sua marca permanece consistente em todas as plataformas e em tudo o que você cria. Mesmo que você precise alterar suas palavras exatas para se adequar à plataforma em que está, no geral, seu tom deve parecer semelhante de email para email, postagem para postagem, independentemente da origem do seu público.

5. Crie lealdade e confiança à marca

Crie lealdade e confiança à marca

O email marketing produz ótimos resultados porque seus assinantes forneceram voluntariamente seus endereços de email. Eles querem ouvir você e podem optar por parar de ouvi-lo a qualquer momento.

Ao se comunicar com transparência e manter sua lista de assinantes atualizada, você criará lealdade e confiança à marca. Além disso, ao definir as expectativas e cumpri-las, você mostra que respeita a privacidade de seus clientes.

6. Amplie sua lista de assinantes

Seu blog é excelente para promover seu email marketing. Se os leitores gostarem do que encontram no blog porque você forneceu um conteúdo valioso, eles se sentirão compelidos a fornecer o endereço de email.

Use widgets e plug-ins para aproveitar a atenção e mesclar perfeitamente a inscrição da sua lista de email nas páginas e postagens do seu blog.

Conclusão

Uma boa estratégia de marketing não se baseia em um único canal de comunicação. Seu público-alvo possui hábitos de navegação diversificados; portanto, você também deve diversificar sua estratégia de marketing digital se quiser alcançá-los.

O marketing de conteúdo e o email marketing são um excelente ponto de partida. A combinação de seus esforços aqui oferece a oportunidade de desenvolver uma voz de marca e criar um conteúdo de nicho antes de se ramificar para outros canais.

Com as dicas acima, você será capaz de produzir bom conteúdo e divulgá-lo com a ajuda do email marketing. Mãos à obra!

Curtiu as dicas? Deixe seu comentário abaixo!

Post anterior
10 dicas para usar o email marketing para promover sua live ou webinar
Matriz Ansoff entenda o que é e como utilizar nas suas estratégias empresariais
Próximo post
Matriz Ansoff: entenda o que é e como utilizar nas suas estratégias empresariais

Aprenda sobre marketing digital!

Fique por dentro das novidades em nosso blog e obtenha o máximo de suas ações de marketing digital.

Email cadastrado com sucesso!