15 49.0138 8.38624 1 0 4000 1 https://www.nitronews.com.br/blog 300 true

Email marketing sem dramas

Quando falamos em email marketing, há uma série de fatores que influenciam o seu sucesso. Os principais são frequência e autorização. Veja como abordar estes dois problemas críticos e ter sucesso nos seus envios.

Frequência sem dramas

Fazer envios de email marketing muitas vezes pode ser uma variável de difícil quantificação, principalmente porque é muito, mas muito provável que fazendo envios frequentes e pouco relevantes você tenha problemas. Enviando emails para seus assinantes com muita frequência, você corre o risco de alienar aqueles que já estão sobrecarregados de emails na caixa de entrada. Mesmo que seu cliente conheça a sua marca e saiba que não é spam,clicar no  “Denunciar como spam” pode ser a maneira mais fácil de acabar com a raiva. Isto é, definitivamente, algo que você não quer.

Enviar menos emails é a maneira mais fácil de lidar com o dilema de frequência, mas nem sempre resolve tudo. As pessoas estão até os cotovelos de emails, e um assinante pode facilmente esquecer o que você mandou dizer se tiver passado muito tempo desde seu último envio. No momento em que começar a retomar o contato, eles poderiam vê-lo como mais um spammer.

A frequência correta não é baseada em estatísticas da indústria. Baseia-se na sua audiência e conteúdo. Se o seu público é formado por pessoas que querem poupar dinheiro em compras, não envie ofertas mais de duas vezes por semana. Se você envia uma newsletter, uma vez por mês seria o timing perfeito. A chave do sucesso é tentar  encontrar a frequência certa com que seu público irá responder à campanha.

O que NÃO fazer no processo de autorização

Se você estiver realizando campanhas de email sem obter a permissão, a frequência será a menor de suas preocupações. A permissão é uma necessidade neste jogo, mas tenha em mente que existe um jeito certo e errado de obter autorizações.

A seguir veja o que você NÃO DEVE fazer:

Alugar ou comprar uma lista

Muitos vendedores gostam de se vangloriar de que as listas que alugam ou vendem são feitas por pessoas que deram sua permissão. Mesmo que este seja o caso, lembre-se que a permissão não foi dada diretamente a você, o que significa que ainda pode receber queixas de spam e péssimos resultados.

Permissão verbal
Só porque conheceu alguém em uma convenção e a pessoa disse que está tudo bem se sua empresa fizer contato via email, não significa que você pode adicionar à sua lista e começar a apresentar suas propostas. Se você quer evitar queixas, obtenha permissão através de processo de opt-in , via formulário.

Use Opt-in individual

Obter a autorização por um simples processo de opt-in é uma boa, mas double opt-in é ainda melhor. Com o double opt-in, você está dando ao assinante a oportunidade de confirmar o interesse em seus emails, e será útil para qualquer questão legal. A prática de double opt-in é recomendada para qualquer campanha.

Saiba mais sobre email marketing lendo nossos artigos e dicas. 

Post anterior
Como fazer email marketing acessível e lucrativo?
Próximo post
Email marketing e vinho

Aprenda sobre marketing digital!

Fique por dentro das novidades em nosso blog e obtenha o máximo de suas ações de marketing digital.

Email cadastrado com sucesso!