15 49.0138 8.38624 1 0 4000 1 https://www.nitronews.com.br/blog 300 true

O impacto do Coronavírus no marketing digital

Infelizmente ele chegou!

O coronavírus, Sars-Covid-19, começou como uma coisinha de nada, e no começo de abril já passa de 1 milhão de casos em mais de 200 países.

Esse fenômeno abalou o mercado e provocou uma queda brusca nas bolsas ao redor do mundo.

Dessa maneira, os governos impuseram medidas severas de isolamento às suas populações com intuito de impedir a disseminação.

Com o confinamento das pessoas em casa, o comportamento do consumidor mudou, e traz reflexos diretos aos marqueteiros.

Nesse artigo queremos que você compreenda o impacto do coronavírus no marketing digital, e o que é essencial ser feito nesse momento de crise e nos próximos que estão por vir. Confira!

Mantenha a calma

mantenha-a-calma

Com certeza você está ouvindo sobre esse assunto em todos os cantos. Televisão, rádio e nos seus sites favoritos. Afinal, esse assunto é de interesse mundial, e não pode ser ignorado.

A informação é a melhor maneira de combater a doença.

Muitos empresários estão desesperados com os rumos que o mercado está tomando, mas a primeira coisa que precisamos falar é: mantenha a calma!

O mundo já passou por crises ainda maiores e se recuperou. Tenha certeza disso. Essa fase ruim irá passar.

O que o Coronavírus significa para as empresas?

O que o Coronavírus significa para as empresas?

Com as medidas de restrição impostas pelos governos em determinadas regiões do país, muitas empresas estão de portas fechadas há semanas.

Isso impacta diretamente nos lucros, afinal, deixou de haver faturamento. Algumas conseguem se virar com a flexibilização dos serviços, mas de modo geral, todas estão sendo prejudicadas.

A expectativa dos economistas é de grandes demissões e aumento na desigualdade social, no entanto, o poder público está fazendo a sua parte para evitar esses movimentos bruscos.

Desse modo, muitos empresários estão cortando custos de forma desordenada, sem prestar atenção nos setores estratégicos da empresa. O marketing acaba sendo um dos grandes afetados em situações como essa.

O impacto do coronavírus no marketing digital

O impacto do coronavírus no marketing digital

A recomendação do momento é para ficarmos em casa. Evitar a socialização. Essa é a razão para muitos negócios terem fechado as portas.

Assim, alternativas precisaram ser implementadas às pressas para suprir as demandas e necessidades da sociedade.

Para se ter uma ideia, as escolas foram as primeiras afetadas por esse movimento mundial pelo isolamento. Tanto é que no começo de abril emitiu-se uma medida provisória autorizando as instituições de ensino a não cumprirem os 200 dias letivos obrigatórios em um ano escolar.

Em seguida, consecutivamente em alguns estados, foi a vez dos eventos devido ao grande fluxo de pessoas que os mesmos representam.

Um dos maiores representantes do marketing mundial, a Facebook’s Global Marketing Summit and Mobile World Congress foi cancelada em Barcelona, devido ao rápido crescimento da doença na Europa.

A resposta dada pelo mercado é uma tendência já verificada mesmo em tempos de normalidade.

O home office cresceu exponencialmente, e todas as empresas que contam com essa possibilidade, já o implementaram.

Isso representa um aumento no número de pessoas conectadas à internet. Se antes elas contavam apenas com o sistema fechado da empresa, agora elas possuem mais liberdade para navegar na rede de maneira consciente.

Umas das grandes recomendações é que as compras, por exemplo, sejam feitas online, e visando o fomento dessa medida, as grandes empresas de varejo investem pesado em marketing digital para levar clientes aos seus e-commerces.

Na verdade, de acordo com a plataforma Quantum Metrics, as empresas de comércio digital, agora, experimentam um crescimento semanal de 25%, e de 10% em relação ao ano anterior.

Como o tráfego está sendo afetado?

Como o tráfego está sendo afetado?

Sem dúvida, o SEO, o tráfego pago e o marketing de conteúdo serão seriamente afetados, afinal, combinado com a reação do mercado, o comportamento do público online mudou.

Segundo a UberSuggest, as páginas de notícias apresentaram um ganho de tráfego de mais de 30% desde o início da crise. Outras áreas que estão recebendo atenção, são as relacionadas à saúde, alimentação e finanças.

Nesse momento, as pessoas estão evitando comprar produtos ou contratar serviços por questões lógicas.

  1. Elas não querem gastar dinheiro se não for essencial;
  2. A prestação de serviços está temporariamente interrompida;
  3. Elas estão com medo pelos seus empregos.

Os marqueteiros, redatores e criadores de conteúdo precisam tomar muito cuidado com o que será postado e disponibilizado ao seu público, afinal, todo mundo está com os nervos à flor da pele.

Como sobreviver a esse momento?

Como sobreviver a esse momento?

Nós fizemos questão de abrir o texto e iremos fechar da mesma maneira.

Mantenha a calma!

Quem está há anos no mercado sabe que nenhuma crise dura para sempre. Essa também será superada.

Mantenha o seu negócio ativo

Não é porque a sua empresa está de portas fechadas que os negócios acabaram. Você precisa manter contato com o seu público.

Enquanto muitos gestores estão deixando o marketing digital de lado, você deve investir nele para ganhar resultados orgânicos e eficientes para a sua marca.

Informe o seu público e seja honesto com ele. Não sabemos quanto tempo isso irá durar, mas podemos fazer com que o período não seja tão pesado.

Tome cuidado com o que irá postar nas redes sociais e no seu blog. Dê notícias atualizadas, verídicas e confirmadas, mas mantenha o foco da sua página. Não é porque o mundo todo fala de corona vírus que a sua loja de fantasias precisa dedicar um mês todo ao assunto.

Conte aos consumidores quais medidas a empresa tomou para cuidar dos seus funcionários e ajudar a sociedade a superar essa dificuldade, e depois continue com o seu cronograma habitual.

Converse com o seu público

Converse com o seu público

Não desrespeite a lei e nem as orientações dadas pela Organização Mundial da Saúde. Se possível, fique em casa!

Essa é a hora de fazer contato com os seus clientes através das redes sociais e do e-mail marketing

Esse é o momento de colocar a sua empresa no top-of-mind dos consumidores.

Crie conteúdos ricos e disponibilize para que a sua audiência não se esqueça de você durante a crise.

Juntos, podemos superar essa doença que, infelizmente, está fazendo cada vez mais vítimas no mundo.

Gostou desse artigo? Acesse o nosso blog para mais conteúdos como esse.

Post anterior
10 estatísticas de email marketing que você precisa conhecer
Próximo post
Como fazer marketing inteligente e responsável durante a epidemia do COVID-19

Aprenda sobre marketing digital!

Fique por dentro das novidades em nosso blog e obtenha o máximo de suas ações de marketing digital.

Email cadastrado com sucesso!