15 49.0138 8.38624 1 0 4000 1 https://www.nitronews.com.br/blog 300 true
capa-papel-redes-sociais-integracao-ecommerce

Qual o papel da integração das redes sociais no seu e-commerce?

O e-commerce gera resultados por se tratar de um comércio direto, cujo contato com o cliente acontece sem nenhuma barreira. Ao mesmo tempo, contamos com diversos recursos que otimizam o trabalho de marketing. Com isso, as empresas que focam em vendas conseguem atingir um alto grau de lucratividade.

Contudo, sem um plano de marketing digital é difícil avançar com segurança. Sem esse “roteiro”, o lucro de meses pode simplesmente sumir. Correm mais risco de perder dinheiro aqueles que possuem dificuldades em medir a satisfação do público. Nesse sentido, as redes sociais oferecem as melhores oportunidades de solidificar sua estratégia de negócios.

 

A força das redes sociais

forca-redes-sociais

Para você ter uma ideia da importância do elemento social, em 2013 as redes Facebook, Twitter e Pinterest foram responsáveis por 75% das vendas do e-commerce. Isso porque elas funcionam como um canal que leva o usuário à loja que ele, consciente ou inconscientemente, procura.

Na internet, costumamos procurar por produtos antes de comprá-los. Certamente você já se viu nessa situação. Um dado demonstrou que de cada 10 usuários, 4 deles finalizam uma compra após compartilhar o produto nos seus perfis sociais.

Entre os consumidores digitais, mais da metade (74%) utiliza as redes sociais para comprar. Significa que se você estiver lá com sua marca, será visto e lembrado e o resultado é lucro. É claro, não é tão simples, pois é preciso saber como relacionar os perfis sociais com a loja em si.

 

Integrando o e-commerce com as redes sociais

integrando-ecomerce-redes-sociais

Infelizmente o e-commerce não gera todo o potencial de lucro sozinho. Isso por uma questão simples: as pessoas não chegarão ao seu site se não tiverem quem as leve lá. É diferente das redes sociais, que elas entram por questão de hábito e boa vontade. Se você souber como conduzi-las desses sites à sua loja, além de lucrar, economizaria com gastos em links patrocinados.

Entender o funcionamento das redes sociais é fundamental para saber se posicionar como marca nesses ambientes. Não adianta tentar impor seus produtos. O que importa é a interação entre os usuários. Repare que a todo momento está havendo várias discussões simultâneas no Facebook e no Twitter.

Você deve focar na interação com o cliente, para fortalecer o relacionamento. Com isso, precisará gerar seguidores, utilizando conteúdos interessantes a seu público-alvo. Em seguida, você cria proximidade ao oferecer um atendimento personalizado para as pessoas que seguem o perfil da empresa.

Esse modus operandi permite que você esteja próximo do cliente sem abrir mão de ofertar. Além disso, poderá reter potenciais consumidores mais facilmente.

 

Benefícios da integração

beneficios-integracao

Utilizando as redes sociais, você constrói uma relação com cada cliente, instigando até o usuário que está nas etapas mais iniciais da jornada de compra. Isso porque a estratégia foca em dar conteúdo, algo que seja relevante para o público.

De cara podemos dizer que o primeiro benefício que sua empresa terá é a ampliação da visibilidade da marca. Apenas por posicionar-se no mercado online você fará com que novas pessoas conheçam “o concorrente” da marca que costumam comprar.

Há a vantagem já mencionada da aproximação da relação entre cliente e empresa. E além disso, a divulgação de conteúdo que aproxime o público também aumentará o tráfego da loja virtual.

Se você conseguir seguidores fiéis eles acabarão sendo promotores da sua empresa, levando seu conteúdo para outros potenciais clientes. E esse benefício é um dos maiores, visto que a propaganda do negócio não sairá diretamente da empresa, mas do próprio público.

 

Como fazer a integração?

como-fazer-integracao

É importante focar nas redes sociais que mais atraem público, como Facebook, Instagram e Twitter. No entanto, é a natureza do seu negócio que determinará quais redes sociais deverão ser utilizadas. Não adianta fazer um planejamento para uma rede social em que seu público não está presente. No entanto, para você entender o trabalho de integração que deverá fazer, utilizaremos as duas maiores redes sociais

 

Facebook

facebook

Apesar de mudar o algoritmo, afetando principalmente as empresas, o Facebook ainda possui alta relevância e não pode ficar de fora de um plano de marketing. Você pode muito bem criar uma page e tentar direcionar tráfego para seu site. Mas também pode ofertar os produtos diretamente na rede social. É uma forma de integrar ao e-commerce.

Além disso, você tem a vantagem do remarketing, uma vez que poderá personalizar a oferta para o usuário. Com base no histórico de curtidas, localização e informações demográficas o Facebook lançará a oferta para o público mais adequado.

Na página da marca crie promoções e distribua brindes entre seus fãs. A ideia de dedicar algumas ofertas exclusivamente para o Facebook agregará valor para sua page.

 

Twitter

twitter

Como o Twitter se trata mais de texto do que de imagens, você pode utilizá-lo como uma ferramenta de atendimento aos clientes. Responda suas dúvidas, explique e dê orientações. Isso garante que sua marca seja mais “humana” e isso todo consumidor valoriza.

Você também pode conhecer mais seu público-alvo no Twitter, pois lá estão pessoas que gostam de escrever seus pensamentos, ideias e preferências. Além disso você também conhece mais sua concorrência, o que estão oferecendo, que comunicação estão utilizando e qual o feedback estão recebendo.

E como tudo é comunicação na internet, permite você utilizar qualquer interação a seu favor. Quando elogiam a empresa ou o que ela vende, você pode dar RT, fazendo com que seus seguidores vejam o elogio. Se criticam, você pode iniciar uma conversa com o consumidor insatisfeito.

 

Comece sua integração

comece-sua-integracao

O site deve conter, de maneira bem visível, os botões das redes sociais em que a marca está presente. Essa é, digamos, a integração mais simples. Mas a integração real será feita através de um bom plano de marketing digital. É ele que vai alinhar a estratégia do negócio com a estratégia digital.

Dedique-se a criar um bom plano, que contenha o direcionamento para cada rede social. Escolha o ambiente em que você estará presente e trace táticas de postagem e comportamento no ambiente digital. O importante é entender que não existe técnica, método ou fórmula perfeita. Tudo é questão de observação.

Por isso, comece desde já a marcar sua presença na internet. E se precisar aprender mais, conte com a gente. No nosso site há muito mais conhecimento relevante para seu negócio.

 

conteúdo gerado pelo usuário
Post anterior
Como usar o conteúdo gerado pelo usuário a seu favor
email marketing de correção
Próximo post
Como fazer um bom email marketing de correção

Aprenda sobre marketing digital!

Fique por dentro das novidades em nosso blog e obtenha o máximo de suas ações de marketing digital.

Email cadastrado com sucesso!