15 49.0138 8.38624 1 0 4000 1 https://www.nitronews.com.br/blog 300 true
capa-aumentar-base-8

Como aumentar sua base de emails

Personalizar e-mails, automatizar mensagens, usar conteúdo dinâmico e até mesmo otimizar o design para dispositivos móveis. São tantos os detalhes quando se pensa na maximização do e-mail marketing de uma organização que muitos acabam se esquecendo do principal: criar uma lista de pessoas engajadas e que estejam aptas a receber estas mensagens.

Por esta razão, é fundamental ter uma estratégia para aumentar esta base e, acima de tudo, fidelizá-la, para que ela se mantenha a longo prazo. Haja vista que o e-mail ainda tem um grande impacto ao redor do mundo e pode ser amplamente explorado pelas organizações.

Atualmente, por exemplo, ele contabiliza mais de quatro bilhões de contas globais e, até mesmo, consegue um alcance três vezes maior que o Facebook e quinze vezes maior que o Twitter – como aponta o Campaign Monitor.

Além disso, ele ainda é extremamente eficaz, possuindo taxas de abertura que giram em torno de 20%, tornando sua mensagem cinco vezes mais provável de ser vista, ainda de acordo com outra pesquisa da mesma empresa.

Contudo, o problema é que a sua base de dados de e-mail marketing diminui aproximadamente 22,5% todos os anos, segundo o Hubspot. E este é um índice grave, que precisa ser revertido e mitigado imediatamente.

Logo, diante deste cenário, se você quer saber como manter uma ampla base de contatos e fazer com que as suas estratégias de e-mail marketing funcionem, continue lendo e aprenda sete dicas práticas que toda organização moderna pode usar. Confira:

1. Landing Pages

landing-pages-8

Embora o conteúdo cativante e as imagens dinâmicas sejam essenciais para aumentar a abertura de e-mails e as taxas de cliques, você precisa de um gancho para que seus assinantes se convertam em clientes. E, sem uma Landing Page, suas campanhas de Marketing não terão tanto sucesso e você correrá o risco de perder um novo consumidor.

Isso porque as Landing Pages complementam seus e-mails, fornecendo um destino final e uma mensagem para seus leitores saberem mais sobre o que sua organização está oferecendo. Logo, este site mostrará recursos adicionais da sua oferta, além de fornecer um CTA para o usuário avançar em sua jornada.

Inclusive, as Landing Pages não são apenas eficazes para a sua lista de assinantes atual, mas também te ajudam a ganhar novos, uma vez que você pode usá-la em vários canais digitais para ajudar a construir seu público de e-mail marketing e gerar novos leads.

Um exemplo claro disso foi o realizado pela campanha de Barack Obama, em 2012. A equipe do político criou Landing Pages de sucesso personalizando-as para influenciar drasticamente nas taxas de assinatura.

Assim, ela conseguiu desbloquear dados altamente úteis, como:

– Preferências de voto;

– Localização dos eleitores;

– Participação da comunidade;

– Perfis de contribuição.

E não apenas isso, como também angariou uma lista com mais de 15 milhões de e-mails para ajudar a arrecadar mais de US$ 1 bilhão dos apoiadores, como identificou a Vero.

2. Formulários Pop-Up

formularios-popups-8

Muitos iniciantes na arte de coletar uma base de e-mails começam com um formulário simples de inscrição localizado em sua barra lateral ou no rodapé do site, dando aos usuários mais oportunidades de entrarem em sua lista.

Contudo, apesar de ser tentador adicionar muitos campos para coletar o máximo possível de informações sobre um usuário do seu site, é importante ter em mente que isso pode assustá-lo. Por isso, reduza o comprimento dos seus formulários para apenas dois ou três itens e aproveite também para transformá-lo em um formulário pop-up.

Isso porque usar uma solução de geração de leads que tenha uma tecnologia avançada pode ajudá-lo a rastrear o comportamento do mouse do visitante e mostrar a ele um formulário de inscrição de e-mail direcionado no momento preciso em que está prestes a deixar o seu site.

Ademais, você também pode usar essa tecnologia para que a janela apareça quando o usuário clicar ou até mesmo assim que ele abrir sua página. O céu é o limite para a sua criatividade e os resultados… Mais ilimitados ainda.

O site WPBeginner, por exemplo, aumentou a quantidade de seus assinantes em 600% com esta prática, enquanto as taxas de conversão do Sportique foi 58% em todo o site e 79% apenas na página do carrinho de compras.

3. Web Forms

web-forms-8

Um Web Forms é um formulário online usado para coletar informações dos assinantes, especialmente para ajudar a construir um relacionamento com estes possíveis clientes.

Eles existem em uma infinidade de tipos, que variam dependendo da finalidade do formulário. Assim, alguns vêm com apenas dois campos para o nome e endereço de e-mail, enquanto outros vêm com algumas outras opções que auxiliam a reunir o máximo possível de informações sobre o assinante – dada a ressalva citada anteriormente de não amedrontar o indivíduo.

Logo, quando feitos corretamente, os Web Forms podem ser uma maneira muito segura para angariar novos contatos para a sua base de dados, tornando-se parte integrante da estratégia de e-mail marketing da sua empresa.

Inclusive, atualmente, é possível encontrar alguns bem expressivos no mercado, como o Facebook Lead Ads, LinkedIn Lead Ads e Google Lead Forms – todos bem famosos e que já geraram resultados positivos para uma série de organizações.

A taxa de conversão do Forms da Google, inclusive, é de 4.81% para desktop, 4.06% para tablets e 2.25% para smartphones, o que é um número interessante quando comparado ao formulário em pop up, como aponta o Insta Page.

4. Webinars

webinars-8

Fazer um Webinar pode intensificar o trabalho de criação de conteúdo e permitir que você gere novos leads. Isso porque esta estratégia informativa se tornou extremamente popular, em especial durante os períodos de pandemia, e ainda tem trazido um ROI incrível para diferentes organizações.

Segundo a plataforma de automação KISSmetrics, é possível, inclusive, arrecadar uma média de $13.000 em novos leads a cada Webinar. Isso porque esta estratégia faz com que os espectadores forneçam seus endereços de e-mail antes de ver o conteúdo.

Logo, os Webinars permitem que você obtenha uma lista de endereços sem que haja uma pressão para que as pessoas se inscrevam, apenas a curiosidade pelo que você tem a oferecer e pelo título do seu conteúdo.

Ademais, esta prática também abriu uma janela para que as pessoas que não têm muita habilidade escrevendo pudessem gravar a si mesmas – o que também é ótimo quando se pensa que pessoas se engajam mais com outras pessoas do que com materiais.

Um exemplo disso está na editora americana Wiley, que passou a fornecer extensos materiais de treinamento educacional para empresas e pessoas físicas.

Assim, a organização foi capaz de atrair pessoas de setenta países ao redor do mundo que não poderiam comparecer a seus eventos ao vivo e, naturalmente, também expandiu sua base de e-mails.

5. E-books

ebooks-8

Desenvolver um e-book gratuito sobre uma temática relacionada ao seu produto ou serviço e hospedá-lo em uma página pode ser uma excelente maneira de ampliar a sua lista ou base de endereços de e-mail.

Isso porque a sua companhia pode solicitar aos visitantes que forneçam seus e-mails para fazer o download do arquivo, ofertando um incentivo aos compradores em troca de suas informações cadastrais – inclusive, do telefone, caso a sua empresa também atue com esta abordagem.

Dessa maneira, produzir algo de valor para seu público-alvo, gratuitamente e em um formato de consumo imediato pode ser uma peça chave para dar um passo importante neste sentido. Ainda assim, é interessante que o conteúdo seja relativamente curto, para não cansar o usuário, e que ele toque diretamente em uma demanda ou necessidade desta pessoa.

Por exemplo, se você possui um hotel com muitas opções de entretenimento para as crianças no Rio de Janeiro, dê origem a um e-book que relate “5 atividades divertidas para fazer com seus filhos na Cidade Maravilhosa” ou algo similar.

Produtos como estes são ótimos, pois não só fornecem valor imediato para o seu cliente em potencial, como também podem ser facilmente compartilhados por eles com conhecidos e familiares, publicados nas redes sociais e até mesmo sendo disseminados de outras maneiras que atraiam estas pessoas para a sua organização.

O importante é pensar que o produto que você fornece deve ser relevante para o consumidor. Caso contrário, você estará apenas coletando endereços de e-mail de indivíduos que não terão interesse e, provavelmente, nunca se tornarão seus clientes. Ou seja, a conversão não irá acontecer.

6. Descontos

descontos-8

Às vezes, um desconto ou cupom exclusivo é o que incentiva o cliente a finalmente tomar uma decisão. No entanto, por que não usar esta oportunidade para incentivá-los a entrar na sua lista de e-mail? Parece uma boa, não é mesmo?

A realidade é que, de acordo com a WP Buffs, apenas 4% dos visitantes de sua loja entram no site para realmente comprar algo. Portanto, pode ser uma boa ideia tentar converter alguns destes visitantes em assinantes, mesmo que seja à base de um pequeno incentivo financeiro.

Duvida? Segundo um estudo realizado pela Adestra, 85% dos clientes assinam uma lista de e-mail na esperança de obter um desconto, o que faz com que ele seja extremamente eficaz para coletar estes indivíduos e ampliar a sua base.

Ademais, esta também é uma metodologia interessante para alinhar melhor os principais objetivos a longo prazo, construindo uma fidelidade destes assinantes à marca, estabelecendo-se como uma autoridade, mantendo-se na mente dos novos clientes e fazendo com que essas aquisições de endereços se transformem em compradores habituais.

Um exemplo brasileiro relacionado a isto é o da Época Cosméticos, pertencente ao Grupo Magazine Luiza. Ao acessar o site pela primeira vez, o consumidor tem a oportunidade de receber 5% OFF extra em suas compras, “apenas” cadastrando seu e-mail na plataforma.

Logo em seguida, a mensagem com a confirmação de desconto aparece, mas não apenas ela. Quase que semanalmente, a empresa envia promoções e outros conteúdos para levar o indivíduo ao site, prometendo preços especiais e valores imperdíveis.

Não é surpresa que ele se destaque como um dos principais no segmento de beleza do país e tenha sido arrebatado por R$25,6 milhões.

7. Newsletter

newsletter-8

A Newsletter é um boletim informativo que pode auxiliar consideravelmente na construção dessa lista. Isso porque ela consiste em fazer envios regulares por e-mail, fornecendo às pessoas da sua lista atualizações relativas ao seu negócio, produtos e serviços.

Dessa maneira, eles não serão usados simplesmente para manter contato, mas também para motivar os compradores a agirem e fazerem uma compra do que a sua companhia tem a ofertar, seja uma mercadoria ou a prestação de um trabalho.

Logo, a Newsletter costuma ser uma força vital da sua campanha de marketing, sendo significativamente mais bem-sucedido do que o marketing de mídia social, por exemplo.

Sua taxa de abertura, segundo a Smart Insights, é de 22% e para empresas com a Revista Vanity Fair, por exemplo, os leitores chegam a consumir duas vezes mais conteúdos por esta plataforma, o que é perfeito para fidelizá-los.

Por esta razão, é interessante incluir espaços no seu site para que o visitante possa se cadastrar no recebimento destes informativos. E mais do que isso: inclua também CTAs em todas as postagens relevantes do seu blog ou rede social.

Tenha em mente que eles devem ser simples, curtos, rápidos e precisam estimular os leitores a fazerem tudo o que você os está “chamando” para realizar.

Diante deste cenário, visualize o CTA como um comando ou impulso extra que o usuário precisa para, por exemplo, assinar a sua Newsletter e, dessa maneira, deixar o endereço de e-mail cadastrado.

Invista já nesta estratégia

Se você quer investir em E-mail Marketing e precisa de uma basta lista de endereços ou até mesmo precisa de uma organização que cuide desta estratégia por você, a Nitro Digital pode te auxiliar neste processo.

Com treze anos de experiência no mercado, a agência é especializada em E-mail Marketing, atuando diretamente com esta ferramenta há quase uma década e, o melhor, com um equipamento totalmente desenvolvido por seus especialistas.

Acesse o site e saiba mais sobre os serviços prestados pela Nitro Digital. Você vai se surpreender!

Post anterior
12 dicas para ter mais cliques no email marketing

Aprenda sobre marketing digital!

Fique por dentro das novidades em nosso blog e obtenha o máximo de suas ações de marketing digital.

Email cadastrado com sucesso!