15 49.0138 8.38624 1 0 4000 1 https://www.nitronews.com.br/blog 300 true

Como o email marketing pode ajudar a aumentar suas vendas em tempos de coronavírus

São tempos estranhos. Com a pandemia mundial provocada pelo coronavírus e a recomendação de isolamento social, milhões de pessoas tiveram que repensar seus hábitos de consumo – e vencer o medo de comprar pela internet.

Se por um lado as lojas de rua estão enfrentando dificuldades, aqueles que vendem pela internet estão diante de uma grande oportunidade de ampliar seus negócios. E o email marketing pode ser um excelente aliado para vender (e lucrar) mais.

Enquanto as pessoas usam emails para se conectar com amigos e parentes, as empresas o usam para se conectar com seus clientes. Apesar do aumento da popularidade das redes sociais nos últimos anos, o email é 40 vezes mais eficaz na aquisição de novos clientes do que o Facebook ou o Twitter, de acordo com uma pesquisa realizada pela McKinsey.

72% das pessoas entrevistadas preferem receber conteúdo promocional por email, enquanto apenas 17% preferem redes sociais. Você, que deseja aumentar suas vendas, deve fazer marketing onde as pessoas estão. Ou seja, através do email marketing.

O email é uma maneira poderosa de se conectar com clientes em potencial. Por isso, vamos dividir algumas dicas práticas para aumentar suas vendas em tempos de coronavirus. Continue lendo e confira!

1. Dê algo valioso

Para começar, é importante entender uma coisa: as pessoas não fornecem seus endereços de email sem ter um bom motivo para isso. E para vender através do email marketing, você precisa ter uma lista de contatos que realmente têm interesse nas suas novidades – não vale comprar lista, hein?

Mas como conquistar a confiança e, consequentemente, o email dos seus clientes?

Dê algo de valor para eles!

Ofereça algo tão atraente que deixe os visitantes sem opção a não ser se inscrever na sua lista.

Pode ser um desconto, frete grátis, ou um material educativo valioso. Uma boa tática é oferecer testes e avaliações que entregam os resultados via email. Por exemplo: se você tem uma loja de materiais de construção, pode fazer um teste que calcule o valor da reforma dos sonhos dos consumidores. Basta ter criatividade e conhecer sua audiência para aumentar a sua lista. Quanto maior o número de inscritos, maiores são suas chances de conversão.

2. Volte a envolver assinantes inativos

Muitas vezes, é mais barato reconquistar clientes existentes do que atrair novos. E o mesmo se aplica ao email marketing.

É mais fácil atrair assinantes atuais do que tentar conquistar novos assinantes. Os assinantes atuais sabem mais sobre você do que os novos, e se inscreveram na sua lista por algum motivo.

Quase todas as listas de email têm alguns assinantes inativos. É normal que uma porcentagem de seus contatos não se envolva com suas mensagens. Não os ignore: os inativos ainda podem se tornar clientes e até indicar seus amigos—se você fizer a coisa certa.

Primeiro, você precisa definir seu período de inatividade. Para alguns profissionais de marketing, um assinante fica inativo se não tiver aberto seus emails nos últimos seis meses. Outros, no entanto, dirão que o período “inativo” é de três meses.

Depois de definir seu período de inatividade, é hora de começar a envolver os assinantes que se distanciaram das suas campanhas.

Mas como fazer isso?

Você pode reativar assinantes inativos realizando pesquisas, por exemplo. Prometa algo com antecedência e certifique-se de enviar brindes como recompensa.

E tem outro benefício: as pesquisas também permitem que você aprenda mais sobre eles, e aperfeiçoe suas próximas campanhas.

3. Envie conteúdo exclusivo de vez em quando

Envie conteúdo exclusivo de vez em quando

A exclusividade é uma tática de marketing poderosa que muitas marcas vêm usando há anos.

A Apple usa, por exemplo. Essa é uma das razões pelas quais é a empresa mais valiosa do mundo, apesar de ter apenas uma pequena participação de mercado na indústria de smartphones.

Com exclusividade, você pode obter mais assinantes de email e gerar mais vendas. Você pode criar conteúdo exclusivo, disponível apenas para sua lista de contatos. Também pode criar um produto aberto apenas à sua lista de email.

Essa tática permite que seus assinantes sintam uma conexão mais forte com a sua marca, o que consequentemente aumenta suas conversões.

4. Dê um toque de urgência aos seus emails

Não tenha medo de pressionar um pouco seus destinatários: dessa maneira você converterá mais assinantes em clientes.

A urgência é uma característica essencial do cérebro humano. Situações urgentes nos fazem agir rapidamente. E os profissionais de marketing já descobriram isso, e usam os limites de tempo ou estoque para provocar os clientes e estimular as vendas.

Uma das maneiras mais eficazes de criar urgência nos emails é definir prazos para sua oferta. Frases como “12 horas de promoção” ou “últimas unidades disponíveis” costumam fazer milagres.

Você também pode usar palavras relacionadas ao tempo, como “agora”, “instantâneo” e “rápido” para introduzir urgência em suas mensagens de email.

5. Use a prova social para vender através do email marketing

O conceito de prova social existe desde sempre. Nossos ancestrais aprenderam importantes habilidades de sobrevivência imitando um ao outro.

Por exemplo, você vê um restaurante com zero avaliações em ferramentas como o Facebook, Google Places ou Trip Advisor. Então você vê outro restaurante com centenas de avaliações nas mesmas plataformas.

Em qual restaurante você vai? Provavelmente no restaurante com muitas avaliações.

A prova social tem uma enorme influência sobre o que compramos.

As opiniões sobre serviços e produtos estão em quase todos os canais de marketing, e o email não é exceção.

Aliás, o email marketing é um canal poderoso para usar a prova social.

Além de usá-las para aumentar suas vendas, você pode usar a prova social para coletar mais emails para sua lista de contatos. Algumas empresas informam quantas pessoas recebem emails delas, e quem tem contato com esses números pensa que milhares de usuários não podem estar errados.

Outra maneira de usar a prova social é compartilhar as histórias de sucesso dos clientes com seus assinantes por email. Informe aos assinantes que as pessoas estão obtendo resultados reais usando o seu produto para gerar mais confiança.

6. Use a palavra “VOCÊ”

Use a palavra "VOCÊ"

A palavra “você” é uma palavra poderosa. Faz muito sentido adicioná-la aos seus emails.

“Todo mundo no mundo divide sua correspondência – eletrônica ou não – em duas pilhas que eu chamo de Pilha A e Pilha B. A Pilha A contém mensagens que são (ou parecem ser) pessoais. A Pilha B contém o resto: contas, anúncios, emails que obviamente contêm uma mensagem de vendas e assim por diante. A coisa mais importante que você pode fazer ao criar uma promoção é garantir que sua mensagem chegue na Pilha A! ”, afirma o especialista em conteúdo de marketing Gary Halbert.

Use a palavra “você” se desejar que os assinantes abram seu email. É a palavra mais persuasiva do nosso idioma.

7. Integre email e redes sociais

O email marketing é ainda mais poderoso quando combinado com as redes sociais.

A maioria dos seus assinantes também está nas mídias sociais. Assim como seus concorrentes.

Estar nas redes sociais para se conectar com seus assinantes oferece a oportunidade de construir um relacionamento mais forte com eles.

As pessoas não tomam decisões de compra com base nas informações obtidas de uma única mídia. Eles combinam diferentes mídias, como email, mídia social, resenhas, blogs e influenciadores.

Portanto, é altamente recomendável expandir seus pontos de conexão com assinantes além do email. Se você marca presença em plataformas sociais como Facebook, Twitter e Instagram, peça aos seus assinantes de email que o sigam até lá.

O Facebook permite que você segmente sistematicamente seus seguidores e pessoas semelhantes a eles por meio de anúncios. Tudo o que você precisa fazer é enviar suas listas de assinantes no Facebook.

8. Envie emails na hora certa

Envie emails na hora certa

Fazer com que as pessoas abram, cliquem e compartilhem seus emails cria um efeito de bola de neve. Isso gera mais tráfego, mais assinantes e mais conversões. Você pode obter tudo isso enviando seus emails nos momentos certos.

Os momentos certos são quando seus assinantes atuais provavelmente abrirão, lerão e visitarão sua página. E quem sabe até compartilhem o conteúdo nas redes sociais.

De acordo com o CoSchedule, os melhores horários para enviar emails são 6:00, 10:00, 14:00, 20:00, 22:00 e 12:00. Mas não basta enviar emails nesses horários. Faça testes em outros horários e analise as aberturas, cliques e visitas que você recebeu.

9. Use cliffhangers

Use cliffhangers

Cliffhangers são ganchos pensados para deixar os usuários curiosos para saber o que acontece nos próximos capítulos, usados ​​principalmente em filmes e livros de ficção.

Mas os profissionais de marketing digital estão começando a explorar o poder dos cliffhangers.

Para fazer com que um assinante abra seu email e fique animado para abrir o próximo e o próximo, você precisa de cliffhangers.

Se os usuários não estiverem animados para abrir seus emails, será difícil mantê-los como assinantes ativos por um longo tempo. Uma boa maneira de fazer isso é anunciar uma surpresa para o próximo email. Experimente!

10. Escreva emails de boas-vindas

Escreva emails de boas-vindas

Quando alguém se inscreve na sua lista de email, você deve recebê-lo com uma mensagem calorosa.

A mensagem de boas-vindas é como a primeira impressão – aquela que, você sabe, ficará para sempre. Se você não tratar seu assinante da maneira mais correta na primeira vez, corre o risco de ser ignorado ao enviar outras mensagens.

Algumas empresas oferecem cupons de desconto ou frete grátis na primeira mensagem enviada a novos assinantes. Pense em algo valioso que você pode oferecer para receber novos usuários em sua lista de email.

11. Não pare de conquistar novos contatos

Não pare de conquistar novos contatos

A sua lista de emails é o maior patrimônio que você tem para impulsionar novas vendas.

O email permite envolver seu público-alvo de uma maneira criativa e personalizada que as postagens de blog ou tweets não conseguem.

Os contatos de clientes em potencial são o maior ativo de marketing digital que qualquer empresa pode ter. As principais empresas da internet, como Facebook, Amazon, LinkedIn e Uber, dependem muito dos emails de seus usuários.

Sua lista de emails é a única coisa sobre a qual você tem 100% de controle. O Facebook pode parar de enviar tráfego. O Google pode ter uma atualização de algoritmo que penalize seu blog. O Instagram pode ser derrotado por um concorrente, exigindo que você construa seu perfil e reputação na nova plataforma – o que significa começar do zero novamente.

Com o email, você sempre pode acessar sua lista de fãs, que se preocupam com você e com o que você faz.

Mas os emails acabam com o tempo. Algumas pessoas param de se importar com o que você faz e escreve. Algumas pessoas param de usar seus emails e criam novos. E tudo isso reduz a qualidade da sua lista.

Se você construiu uma lista de 10.000 assinantes de email no ano passado, hoje teria menos contatos. E é por isso que sua lista de emails precisa estar em constante atualização.

Nunca pare de conquistar novos contatos para sua lista de email!

12. Segmente seus contatos

Segmente seus contatos

A segmentação de suas listas de email ajuda a obter melhores taxas de abertura e clique.

Por que a segmentação de email funciona? Se você tem 1.000 pessoas inscritas em suas listas de email, a maioria delas tem necessidades e interesses diferentes.

Vamos supor que você tenha um blog de marketing e esteja coletando emails: alguns assinantes estariam mais interessados ​​em aprender marketing de conteúdo do que em otimização de mecanismos de busca. Enquanto alguns estariam interessados ​​em marketing de mídia social.

Mesmo se você tiver um blog de marketing nas redes sociais, alguns assinantes estariam interessados ​​em aprender mais sobre o Facebook do que o Twitter. E mesmo que você tenha um blog sobre marketing no Facebook, alguns assinantes estarão interessados ​​em aprender sobre publicidade no Facebook, em vez de marketing orgânico.

Você não pode satisfazer todos os seus assinantes com um único conteúdo, porque eles têm interesses diferentes. A segmentação de email permite manter pelo menos 80% de seus assinantes satisfeitos.

Como? Ela ajuda a enviar conteúdo que cada assinante está interessado em ler.

O MailChimp realizou uma pesquisa com cerca de 2.000 usuários da ferramenta, que enviaram 11.000 campanhas segmentadas para quase 9 milhões de destinatários. Eles descobriram que as campanhas de email segmentadas geraram 14,31% mais aberturas e 100,95% mais cliques do que as campanhas de email não segmentadas.

Os resultados da segmentação são incríveis e podem impulsionar as suas vendas. Não ignore esse recurso!

Gostou das dicas? Não esqueça de deixar seu comentário abaixo!

Post anterior
Dicas eficazes para seu email marketing brilhar nos dispositivos móveis
7 dicas incríveis para aumentar a conversão das suas landing pages
Próximo post
7 dicas incríveis para aumentar a conversão das suas landing pages

Aprenda sobre marketing digital!

Fique por dentro das novidades em nosso blog e obtenha o máximo de suas ações de marketing digital.

Email cadastrado com sucesso!