15 49.0138 8.38624 1 0 4000 1 https://www.nitronews.com.br/blog 300 true
segmentação do email marketing

Dicas para melhorar a segmentação do email marketing

A concorrência é grande na caixa de entrada dos seus inscritos. Diversas empresas disputam a atenção dos clientes em potencial, e por esse motivo é extremamente importante que você use todas as armas à sua disposição para vencer essa batalha. E uma das técnicas mais efetivas para garantir que suas mensagens serão relevantes é a segmentação do email marketing.

A segmentação é um mecanismo aparentemente simples, mas extremamente poderoso. Muitos já estão segmentando até certo ponto, mas que tal apostar em uma segmentação ainda mais refinada para ter resultados ainda melhores?

A importância da segmentação do email marketing

A segmentação do email marketing é a arte de pensar em grupos. Você tem que perceber que sua lista de email consiste em diferentes tipos de pessoas, com diferentes comportamentos, perfis e interesses. Mas se os seus assinantes são tão diferentes, por que tratá-los da mesma maneira? A solução é dividir sua lista de emails em grupos semelhantes (que vamos chamar de segmentos).

Uma companhia de seguros, por exemplo, teria grupos muito diferentes, baseados na idade, na composição familiar e na posse de carros. Cada grupo deve receber um fluxo de email diferente, com conteúdo e ofertas específicos. Não há necessidade de falar sobre seguro de carro com os usuários que não possuem um carro, certo? Isso é o que a segmentação básica permite que você faça, desde que você identifique seus grupos.

Melhorar a segmentação do email marketing significa que você olha além do óbvio. Naturalmente, os assinantes gostam de receber emails direcionados e personalizados. Se um email é relevante, isso contribui para uma melhor experiência do cliente. Mas também é importante ver suas metas de crescimento sendo atendidas.

As campanhas segmentadas apresentam um melhor desempenho. De acordo com a Data & Marketing Association, os profissionais de marketing entrevistados tiveram um aumento de 760% na receita de email de campanhas segmentadas. Isso faz muito sentido: quanto mais relevante a mensagem, maior a probabilidade de o assinante realizar uma ação.

Como melhorar os resultados da segmentação do email marketing

Existem diversas maneiras de segmentar sua lista. Mesmo assim, não é apenas a segmentação que vai causar impacto. Se suas mensagens são altamente segmentadas, mas mal executadas, elas serão inúteis.

A segmentação por email marketing não para no grupo A ou B. Após categorizar os critérios de segmentação, as possibilidades são quase infinitas – o único limite são os dados disponíveis. Todos os dados em seu banco de dados – ou mesmo dados combinados, derivados ou externos – podem ser usados ​​para criar o modelo de segmentação ideal para a sua empresa.

A segmentação pode ser baseada em todos os tipos de dados, incluindo:

– Geografia (localização e dados relacionados)

– Dados demográficos e perfil (idade, sexo, status social)

– Psicografia (estilo de vida e AIO, que significa atitudes, interesses e opiniões)

– Comportamental (compras, aberturas, cliques, navegação no site, etc)

Se você tiver dados comportamentais disponíveis, é extremamente importante não deixar isso passar. Pode ser um pouco mais difícil preparar os dados para fins de marketing, mas eles podem ser um ótimo indicador para interesses e comportamentos futuros. Ao classificar pedidos e compras anteriores por categoria, faixa de preço, etc., uma ampla gama de opções de segmentação se abre.

Como utilizar o comportamento do cliente na segmentação do email marketing

É possível segmentar seus melhores clientes, excluir seus piores clientes ou criar campanhas específicas para a parte da lista de email com maior potencial de crescimento. Mas existem outras formas de segmentar sua lista apenas com as informações sobre o comportamento do cliente. Confira:

Buyer persona

Existem diferentes tipos de clientes. Às vezes, esses tipos de compradores são tipificados como personas. Ao selecionar as pessoas que gastaram muito em outra época e tiveram um declínio nos gastos nos últimos meses, você está olhando para os padrões de gastos. Ao observar o comportamento anterior, é possível identificar e criar suas mensagens para se adequar a esse grupo.

Predição de comportamento futuro com modelos de propensão

É possível usar métodos estatísticos para prever o comportamento futuro dos clientes. Este comportamento inclui a probabilidade de responder a diferentes tipos de ofertas, risco de rotatividade, possibilidades de cross e upsell, etc. Agora você pode estar pensando: quão avançada e sofisticada deve ser minha segmentação? Isso depende apenas de você!

Exemplo: um varejista de moda, por exemplo, pode obter ótimos resultados segmentando por gênero. Mas se ele combina com as preferências de tamanho e estilo, é possível alcançar resultados ainda melhores. Ofereça os tamanhos certos nas landing pages e exclua os tamanhos que não estão em estoque. Oferecendo moda casual, de negócios e outros estilos, o destinatário terá mais probabilidade de comprar.

Maneiras inteligentes de segmentar seu email marketing

Toda vez que você seleciona um grupo do seu banco de dados, é segmentação do email marketing. Este é um mecanismo aparentemente simples, mas extremamente poderoso. Você pode cortar sua lista e criar mensagens que se encaixem nos segmentos, o que acaba gerando resultados. A segmentação deve, portanto, fazer parte de todas as estratégias de email marketing. Não tem ideia de como começar? Não se preocupe, vamos compartilhar algumas estratégias de segmentação que podem fazer grande diferença nas suas vendas. Continue lendo!

1. Novos Assinantes

novos assinantes de email marketing

Não negligencie seus novos inscritos. Aproveite o interesse por sua empresa e envie um email de boas-vindas com informações sobre a sua empresa e compartilhar um cupom de desconto ou outra vantagem, como frete grátis. Mas por que enviar apenas um email de boas-vindas? Você pode até mesmo enviar uma série de emails para todos os novos inscritos com o melhor conteúdo do seu blog. Seja o que for que você decida fazer, certifique-se de estar apresentando aos novos inscritos as melhores coisas da sua empresa, para que você possa começar a cultivar esse relacionamento com eles.

2. Preferências

Uma área onde as marcas continuam a falhar é o marketing para os clientes com base em suas preferências. Apenas 7% das marcas incluídas em um estudo da Experian usam as preferências do cliente para determinar os canais de marketing. Pergunte aos seus clientes com que frequência eles desejam receber seus emails e dê a eles a opção de selecionar o tipo de email que desejam receber. Eles querem atualizações de postagens de blog, descontos, atualizações importantes ou todas as opções?

3. Interesses

Use as informações sobre os interesses do inscrito para selecionar o conteúdo que você sabe que ele vai adorar. Mas como você vai saber quais são os interesses de cada usuário? Você vai observar as compras e pesquisas anteriores, ou seus hábitos de consumo. Dá trabalho, mas vale a pena!

4. Localização

A menos que as pessoas percorram o país para participar de seus eventos ou para visitar sua loja, não há a menor necessidade de divulgar tudo o que você promove para todas as pessoas. Em vez disso, use a localização do seu inscrito para enviar emails direcionados para informá-los sobre os próximos eventos em sua área.

5. Taxa de abertura

taxa de abertura

Use as informações sobre a taxa de abertura do seu assinante para segmentar os inscritos que freqüentemente se envolvem com seus emails em comparação com os que se envolvem com menos frequência. Por exemplo, você poderia recompensar seus inscritos mais engajados, oferecendo oportunidades especiais, como acesso antecipado ao seu novo produto.

6. Inatividade

Para assinantes que ficaram inativos por um longo período de tempo – digamos, dois meses – você pode enviar um email segmentado para ver se eles ainda querem receber suas mensagens ou se preferem cancelar a inscrição. Dessa forma, você mantém sua lista atualizada.

7. Formulário Abandonado

Que tal segmentar visitantes que começaram a preencher um formulário no seu site, mas nunca o completaram? Por exemplo, você pode ter um aplicativo ou software com uma avaliação gratuita que exija inscrição. Uma certa porcentagem de seus visitantes vai começar a se inscrever e, em seguida, mudar de idéia ou se distrair. Você pode recuperar essas inscrições enviando um email para lembrá-las de concluir o processo.

8. Carrinho de Compras Abandonado

O abandono do carrinho de compras é um problema comum para sites de comércio eletrônico. Felizmente, você pode usar o email marketing direcionado para atrair novamente esses compradores.

9. Quantidade de Compra

Segmentar seus clientes pelo valor da compra permite que você ofereça um up-sell apropriado. Você também pode dar um tratamento especial aos clientes com valores de compra especialmente grandes, oferecendo um presente de agradecimento ou algum outro bônus que reforce que eles tomaram uma boa decisão comprando de você.

10. Tipo de Compra

Especialmente se você oferecer muitos tipos diferentes de produtos, segmentar seus clientes por tipo de compra é uma ótima maneira de determinar quais são os interesses deles para que você possa oferecer produtos selecionados que eles vão adorar.

11. Freqüência de Compra

Recompense seus compradores frequentes com um cupom especial ou um convite para participar do seu programa de fidelidade.

12. Ciclo de Compra

Certas compras têm um ciclo: são sazonais ou ocorrem em determinados momentos. Saber onde seus clientes estão em seu ciclo de compra pode orientar suas campanhas de email marketing.

Por exemplo, digamos que você venda fraldas e um pacote geralmente dura um mês. Quando o cliente estiver provavelmente começando a ficar sem fraldas (digamos, 21 dias após a compra), você poderá enviar um email de lembrete a ele, perguntando se ele está pronto para uma nova remessa.

13. Estágio no funil de vendas

estágio funil de vendas

O estágio de cada inscrito no seu funil de vendas deve determinar o email que receberão em seguida. Novos assinantes precisam ser alimentados. Leads precisam ser preparados para a venda. Os clientes consolidados precisam ser apresentados com vendas cruzadas ou up-sells. Cada estágio deve ter sua própria campanha de email marketing.

14. Mudança no Engajamento

Às vezes as pessoas ficam ocupadas e param de se envolver com seus emails como costumavam fazer. Isso pode acontecer, não importa o que você faça. No entanto, se você não fizer nada para engajar novamente esses inscritos, poderá perdê-los para sempre.

15. Mudança no Comportamento de Compra

Se você oferece uma assinatura mensal ou tem um produto que precisa ser recomprado regularmente, verifique com os clientes quando eles mudarem o comportamento de compra. Se um cliente cancelar sua assinatura, talvez você queira enviar um email para perguntar por quê. Mesmo que você não recupere o cliente, a resposta dele ajudará você a melhorar a experiência de futuros clientes.

16. Dispositivo utilizado para compras

49% dos profissionais de email marketing ainda não segmentam suas listas com base nos hábitos do dispositivo. No entanto, a experiência de leitura de email é completamente diferente, dependendo se você está lendo em seu telefone celular ou em um computador. De acordo com uma pesquisa da Litmus, os dispositivos móveis estão dominando 55% de todas as aberturas de email (um aumento de 7% em relação ao ano passado). Espera-se que essa tendência continue, o que significa que o design de email responsivo será mais importante do que nunca. Portanto, certifique-se de segmentar sua lista com base no dispositivo do seu assinante. E não se esqueça: você também deve segmentar seus pop-ups e formulários de ativação para o público com smartphones.

17. Assinantes que indicaram você

Talvez você não tenha um programa de afiliados, mas você tem assinantes que o indicaram para seus amigos. Estes são assinantes valiosos que devem ser tratados com cuidado especial, então dê a essas pessoas o tratamento VIP que elas merecem. Uma vez identificados, você pode dar a esses assinantes evangelistas um presente especial de agradecimento, um desconto exclusivo ou acesso VIP que ninguém mais tem. Deixe-os saber o quanto você é grato por divulgarem sua marca, e eles lhe mostrarão fidelidade inabalável.

18. Atividade no seu site

atividades no seu site

Monitore a atividade do inscrito no seu site para que você saiba exatamente o que ele está procurando. Algumas empresas coletam dados personalizados do site para selecionar itens muito específicos para os usuários. Não só isso, mas eles dizem os critérios exatos que usaram. Essa tática pode ser muito eficaz!

Curtiu as dicas? Deixe sua opinião nos comentários abaixo!

Post anterior
Como humanizar o email marketing automatizado e conquistar mais clientes
Melhores recursos melhores clientes
Próximo post
Por que é tão importante investir seus principais recursos nos seus melhores clientes?

Aprenda sobre marketing digital!

Fique por dentro das novidades em nosso blog e obtenha o máximo de suas ações de marketing digital.

Email cadastrado com sucesso!