15 49.0138 8.38624 1 0 4000 1 https://www.nitronews.com.br/blog 300 true

Email marketing para pequenas empresas em tempos de covid19

A crise do coronavírus pegou todos de surpresa, e as empresas que não se adaptaram à nova realidade enfrentam dificuldades para se manter nesse cenário. As interações presenciais entre marcas e consumidores se tornaram raras, e aqueles que não souberem se adaptar aos meios digitais estão fadados ao fracasso.

O marketing digital tem sido uma ferramenta de valor inestimável nessa situação. Através de posts nas redes sociais, vídeos ao vivo e anúncios, as pequenas empresas são capazes de conversar com seu público-alvo durante a pandemia. O email marketing, em particular, tem um enorme potencial para alcançar pessoas e transmitir a mensagem que você deseja.

Ao mostrar empatia, responsabilidade social e consciência das necessidades e medos de seu público, e com as ferramentas certas, as empresas podem aproveitar o email marketing para atravessar com segurança a pandemia. Mas como fazer isso? É o que explicaremos nesse artigo.

Por que focar no email marketing?

O email está alcançando um público mais amplo do que nunca.

As estatísticas mostram que as taxas de abertura de emails de marketing aumentaram em até 25% durante a quarentena. Os aumentos semanais nas taxas de abertura foram de 5 a 10%. Além disso, as pessoas também estão abrindo mensagens mais rapidamente. Basicamente, as pessoas estão lendo muito mais seus emails – um efeito colateral de ficar confinado em casa.

Além disso, o email marketing oferece uma oportunidade incomparável de personalização. Além da capacidade de abordar as pessoas por seus nomes, as empresas podem adaptar o conteúdo a seus interesses específicos por meio de segmentação das suas listas de contatos.

Durante a quarentena, quando o contato pessoal é escasso e o sentimento de isolamento está atormentando a população, uma mensagem personalizada pode ter um impacto muito mais significativo do que um post nas redes sociais direcionado a milhares de pessoas. Essa demanda por conteúdo confiável e personalizado também é evidenciada por uma queda considerável no tráfego nas plataformas de mídias sociais.

Em março, o Instagram teve uma taxa de engajamento de anunciantes reduzida em 14%, enquanto o Facebook teve uma queda de 13,5%. O Twitter, por sua vez, foi menos afetado, mas ainda viu um declínio de 7%. As razões para isso podem ser várias: o afastamento das redes sociais pode ser devido ao fato de as pessoas preferirem videochamadas com amigos e familiares ou por estarem cansadas das notícias sobre o coronavírus e a situação do país em geral.

Uma coisa é certa: o email marketing se firmou como um canal de alto potencial para as marcas se conectarem com seus clientes durante a pandemia.

– O que fazer no email marketing durante a pandemia –

O que fazer no email marketing durante a pandemia

O que as marcas podem fazer para melhorar seu email marketing durante o COVID-19? Além de seguir as boas práticas gerais do email marketing, aqui estão algumas dicas para você se ajustar às circunstâncias atuais:

Mantenha sua mensagem clara

Em uma reportagem recente onde especialistas em marketing digital foram entrevistados, o New York Times descobriu que manter uma mensagem central e impedir que ela fique confusa são os pontos mais importantes para o email marketing eficaz durante o coronavírus. Ou seja, escolha estrategicamente um assunto para abordar a cada mensagem.

Demonstre responsabilidade social

As marcas precisam demonstrar consciência dos desafios que as pessoas e as comunidades enfrentam durante a crise atual. Mostrar empatia e compartilhar dicas de cuidados são excelentes maneiras de mostrar isso no email marketing. Melhor ainda é mostrar como sua empresa pode contribuir para ajudar.

Ofereça informações e ajuda

Ofereça informações e ajuda

Lembre-se da primeira dica: mantenha o foco nas suas mensagens. Elas podem tratar de atualizações sobre como a pandemia provavelmente afetará os serviços que a sua empresa fornece, ou então oferecer flexibilização nos pagamentos atrasados de pessoas que perderam sua renda, ou parte dela. Concentre seu email marketing nas questões mais importantes para os clientes.

– O que não fazer no email marketing durante a pandemia –

O que não fazer no email marketing durante a pandemia

Usar o email marketing pode ser um excelente negócio durante a pandemia. Por outro lado, qualquer palavra ou expressão mal escolhida pode deixar a sua marca em apuros. Por isso, reunimos algumas dicas do que não fazer no email marketing nesse período:

Não reconhecer a gravidade da situação

Manter a calma pode ser uma boa. Mas, no caso do email marketing durante uma pandemia, as empresas não podem continuar como se nada estivesse acontecendo. A situação precisa ser reconhecida e o conteúdo ajustado de acordo.

Explorar a situação ou tirar proveito dela

Uma maneira infalível de afastar clientes é capitalizar a crise. Promover vendas baseadas no coronavírus ou superfaturar produtos essenciais escassos no mercado só trará resultados prejudiciais.

Apesar de o email marketing poder trazer um grande lucro no momento, as empresas precisam evitar o envio de mensagens apenas para isso. Um email sem uma mensagem dedicada tem maior probabilidade de incomodar clientes em potencial do que convertê-los.

Dicas práticas para o marketing digital durante a pandemia

É provável que sua empresa esteja vivenciando um declínio nas vendas durante os últimos meses. Para ajudar você a se adaptar a esse mundo novo e estranho, reunimos dicas práticas para ajudá-lo a alcançar e envolver seus clientes sem precisar vê-los pessoalmente.

1. Verifique se seus clientes podem encontrá-lo online

Verifique se seus clientes podem encontrá-lo online

Isso pode parecer óbvio, mas não custa reforçar: é essencial que o seu cliente possa encontrar a sua empresa online. Ou seja, você deve otimizar seu site de acordo com as boas práticas de SEO (Search Engine Optimization – ou Otimização dos mecanismos de busca). Muitos de seus clientes irão consultar sua página para responder a perguntas como horário de funcionamento, por exemplo. Colocar essas informações em destaque na página inicial da sua empresa será a maneira mais rápida para que eles encontrem essas respostas.

E, com alguns ajustes de SEO, você pode facilitar a localização dos conteúdos e melhorar a experiência do visitante. Confira algumas dicas rápidas:

– Reduza o tamanho das suas imagens para aumentar a velocidade da página

– Crie coleções de conteúdo por assunto e evite material duplicado

– Atualize suas metatags para que elas informem claramente o visitante dos tópicos das suas páginas

2. Envie atualizações por email, mas higienize sua lista primeiro

Antes de enviar uma atualização para todo o banco de dados de contatos, recomendamos limpar sua lista. Você pode ter baixas taxas de entrega quando envia emails para todos seus contatos, principalmente se não higieniza sua lista há algum tempo.

Quando muitos de seus emails retornam, são bloqueados ou deletados, seu email pode ser enviado para a pasta de spam. Ou, se você acabar na caixa de entrada, poderá ter um alto número de cancelamentos de inscrição ou até mesmo de marcações como spam daqueles contatos que não se envolvem com sua marca há algum tempo.

Recomendamos remover todos os destinatários que não se envolveram com suas mensagens nos últimos 6 meses. Você pode ajustar essa janela de tempo, mas seis meses sem engajamento provavelmente são um sinal de que o destinatário não deseja mais suas mensagens, ou que o endereço não está mais ativo.

– O conteúdo dos emails durante a pandemia do COVID-19

Depois de limpar sua lista, você precisará decidir que tipo de atualização deseja enviar. Se sua empresa for afetada, seus clientes devem saber.

Para atualizações, mantenha seu conteúdo sobre:

– Horário limitado da loja

– Cancelamento ou adiamento de evento

– Novos procedimentos de venda, como entrega e retirada

Para essas atualizações sérias, a linha de assunto deve ser direta, descrevendo o conteúdo exato do email (por exemplo, horário de loja atualizado, novas opções de entrega, “Nome do evento” foi adiado).

Mas nem todos os emails precisam ser sérios. Depois de compartilhar as atualizações sobre quaisquer alterações nas suas operações, você poderá enviar emails sobre como seus clientes podem se divertir durante a quarentena. Compartilhe algumas coisas que você tem feito para passar o tempo – e aproveite para mostrar seus produtos.

3. Crie um blog, boletim informativo ou outro conteúdo

Crie um blog, boletim informativo ou outro conteúdo

Um blog, quando bem feito, pode ser um excelente direcionador de tráfego e amplificar seus esforços de SEO. Faça uma pesquisa sobre termos populares em seu setor para ver se há uma oportunidade para você criar conteúdo em torno deles.

O desenvolvimento de um blog traz grandes benefícios a longo prazo, mas apenas se você trabalhar regularmente nele. Se você não tem tempo para gerenciar um blog, considere criar uma newsletter. Você pode enviá-la semanalmente, quinzenalmente ou mensalmente, desde que envie com consistência.

Para o seu boletim informativo (ou blog), considere as perguntas que seus clientes costumam fazer. Pense em como você pode adaptar essas conversas ao conteúdo informativo.

4. Inclua formulários de inscrição no seu site

Inclua formulários de inscrição no seu site

Você precisa de um método para entrar em contato com os visitantes do seu site. Adicione formulários de inscrição ao seu site para coletar os emails e / ou números de telefone dos visitantes. Certifique-se de que os visitantes tenham a opção de desativar as comunicações se desejarem.

Para convencer os clientes a compartilhar informações, considere oferecer um desconto aos visitantes que fornecerem seu email ou criar um guia ou e-book que será enviado para a caixa de entrada do usuário.

5. Envie mensagens SMS

Envie mensagens SMS

Ofereça a opção para seus clientes receberem notificações por SMS. Já que você não pode ver seus clientes cara a cara, é útil ter uma variedade de canais para alcançá-los.

O SMS é excelente para comunicações como notificações de remessa e entrega, lembretes de compromisso (virtuais) e verificações de conta. Não recomendamos o envio regular de promoções ou vendas por texto (embora de vez em quando seja bom). Mensagens de texto promocionais regulares podem parecer muito invasivas.

6. Marque presença nas redes sociais

Marque presença nas redes sociais

Apesar do tempo de navegação nas redes sociais tenha curiosamente diminuído durante a quarentena, elas ainda são um excelente caminho para alcançar seus clientes. Aqui estão alguns motivos para que sua empresa marque presença nas redes sociais:

Fornecer informações atualizadas

Atualize regularmente suas opções de horário, e prazos de entrega nas redes sociais. Muitos clientes estão recorrendo ao Instagram, Facebook e Twitter para obter as últimas notícias dos negócios locais. Informe aos clientes sobre como eles podem apoiá-lo – seus clientes fiéis vão querer ajudar!

Coletar informações de contato

Se você deseja coletar informações de contato adicionais, pode configurar anúncios com este fim. Esses anúncios permitem que o usuário forneça seu endereço de email sem sair da plataforma social. Essa modalidade geralmente é mais cara que as campanhas de direcionamento de tráfego, mas é uma maneira muito segura de coletar endereços de email.

Anunciar produtos e serviços

Você também pode anunciar seus produtos através das redes sociais. Anúncios pagos, principalmente no Instagram, têm a aparência do resto da plataforma, tornando-os naturais junto de outros conteúdos. Marque seus produtos nos anúncios do Instagram para vincular ao site e facilitar a compra dos clientes.

7. Crie uma experiência omnichannel

Crie uma experiência omnichannel

Com tantos canais diferentes que você pode usar na sua estratégia de marketing digital (redes sociais, SMS, email, SEO), é preciso garantir que os canais se alinhem e se conectem para criar uma experiência perfeita para seu cliente.

Algumas dicas para construir uma experiência omnichannel fluida:

– Mantenha as cores, imagens e linguagem consistentes entre os canais. Isso ajuda o espectador a reconhecer sua marca imediatamente, independentemente do canal em que está.

– Verifique se você está usando cada canal adequadamente. Geralmente, gostamos de emails para fins de arquivamento e SMS para informações mais sensíveis ao tempo. As redes sociais, embora sejam ótimas para atualizações, não têm o mesmo poder duradouro. Portanto, para atualizações importantes, pode valer a pena enviar um email.

– Crie seu fluxo ideal para como seus canais funcionariam juntos. (Por exemplo, um cliente encontra sua empresa nos resultados da pesquisa, assina sua newsletter, compra um produto e recebe uma mensagem de texto para avisar que está a caminho.) Esse fluxo é diferente para cada empresa, portanto, entender como seu fluxo ideal funcionará ajudará você cria seus canais.

Sabemos que a comunicação digital não é a mesma coisa que conversar com seus clientes cara a cara, mas esses canais ajudarão você a se conectar com seus clientes durante a pandemia. Além disso, todas essas iniciativas beneficiarão seus negócios a longo prazo, envolvendo seus clientes quando eles não estiverem na loja.

Gostou das dicas? Não esqueça de deixar seu comentário abaixo!

heatmap-capa
Post anterior
Heatmap: conheça a importância desse conceito para o seu marketing digital
eat-capa
Próximo post
EAT: saiba como essa sigla impacta nas suas estratégias SEO

Aprenda sobre marketing digital!

Fique por dentro das novidades em nosso blog e obtenha o máximo de suas ações de marketing digital.

Email cadastrado com sucesso!