15 49.0138 8.38624 1 0 4000 1 https://www.nitronews.com.br/blog 300 true
heatmap-capa

Heatmap: conheça a importância desse conceito para o seu marketing digital

O Heatmap realiza um rastreamento completo das atividades do público no seu site. Assim, você sabe todos os movimentos que ele fez. Isso é a principal base para que você possa fazer mudanças estratégicas no site e buscar resultados que tenham mais destaque.

É fundamental que quem gerencie blogs e sites tenha mais dados sobre como os clientes aproveitam o conteúdo oferecido em suas páginas.

Para compreender melhor o tipo de interesse do usuário na navegação, utiliza-se a valiosa ferramenta do Heatmap. Além de propor melhorias, ajuda a compreender em quais links, headers e seções os clientes selecionaram e clicaram por mais vezes.

Assim, ajuda a compreender os interesses daqueles que visitam o seu site, trazendo uma base fundamental para fazer melhorias estratégicas.

Caso determinadas áreas demonstrem maior interesse do público, é possível fazer uma análise para compreender de que maneira é possível entregar resultados ainda melhores.

Portanto, neste post, iremos discorrer sobre os Heatmaps, detalhando os seus pontos mais importantes. Continue a leitura e saiba mais sobre este tema.

Conceito de Heatmap

Conceito de Heatmap

O Heatmap também é conhecido como Mapa de Calor, traduzindo diretamente do inglês. Ele é uma representação gráfica que aponta em quais locais de um blog ou site aconteceram mais atividades por parte do público. O seu resultado é medido através de interações com o mouse, levando-se em consideração rolagem de página e cliques.

Essa tecnologia do calor é utilizada em diversos ramos, incluindo o esportivo. É muito comum hoje, por exemplo, mostrar como o jogador se desloca no campo de futebol usando essa técnica.

Levando-se em consideração um site ou blog, o conceito é praticamente o mesmo. Nesse caso, o Heatmap aponta quais partes os usuários costumam dedicar mais tempo e atenção.

O Heatmap relacionado aos blogs e sites irá mostrar que os visitantes clicaram, por exemplo, em determinados links, banners ou seções. Essa ferramenta pode mostrar ainda em quais partes de um texto o usuário passou mais tempo lendo.

Indicações de calor por cores

Indicações de calor por cores

O que indica a menor ou maior presença dos visitantes em determinadas áreas do Heatmap são as cores. Regiões de cor mais avermelhada são aquelas que apontam uma maior intensidade na navegação, tempo de permanência ou cliques.

As que se apresentam com as cores mais azuladas apontam uma menor atividade. Existe também, tons de cor intermediários entre o azul e o vermelho.

Como em uma escala de cor, o calor sempre é representado pelas cores mais quentes e, nesse caso, onde houve mais presença. Cores frias, logicamente, representam as áreas onde o visitante passou menos tempo.

O Mapa de Calor tem como objetivo o desenvolvimento de relatórios com as indicações do uso do site ou blog pelos clientes. Há um importante detalhamento da ferramenta que auxilia na identificação das atividades do visitante.

São três as categorias de interação que podem ser encontradas:

1. Click Maps: são as indicações de calor que demonstram em quais regiões do seu site o visitante mais clica. Pode ser nos links, banners, CTAs ou indicadores de seções.

Essa percepção torna-se mais objetiva e fica possível fazer uma análise mais aprofundada do interesse do público nessas regiões;

2. Scroll Maps: nesse ponto, é apresentada a atividade de rolagem de página do usuário. O objetivo é apontar até que ponto da página ele está interagindo com o conteúdo. Até onde o visitante vai.

Esse é um indicativo importante para entender, por exemplo, se o tamanho dos posts está correto, no caso do uso de estratégias de Marketing de Conteúdo;

3. Hover Maps: essa categoria é mais ampla e necessita de uma análise mais profunda. Indica somente a movimentação do cursor do visitante enquanto ele navega pelo blog ou site.

É muito importante compreender, de acordo com os relatórios, se o usuário consumiu o conteúdo realmente e se o cursor foi um indicador. Ou se deixou o mouse parado durante algum tempo.

Função do mapa de calor em uma estratégia de Marketing

Função do mapa de calor em uma estratégia de Marketing

O Mapa de Calor pode ser um ótimo aliado na estratégia de Marketing que tenha como objetivo otimizar blogs e sites. O trabalho é contínuo e muito valoroso, pois nesses ambientes é possível gerar conversões, captar novos leads e manter o relacionamento com os clientes.

Sendo assim, um Heatmap tem funções bem definidas quando utilizado como uma ferramenta de avaliação de desempenho. Duas delas são principais:

– Possibilidade de realizar uma análise do comportamento do visitante do site;

– Entender quais as regiões do site podem receber otimização para entregar uma melhor experiência.

Vamos entender melhor essas funções e de que maneira elas podem proporcionar melhorias significativas para uma estratégia.

Análise do comportamento do usuário

Análise do comportamento do usuário

Quando um site é estruturado, o visitante é considerado o verdadeiro ponto de partida. Qualquer coisa que seja projetada nele é feita pensando na maneira pela qual o visitante irá interagir, seja com conteúdos ou com links.

Sendo assim, é muito importante ter continuidade no trabalho para compreender de que maneira o usuário interage com o que lhe é proposto por aquele que planeja o blog ou site.

Uma estratégia ideal parte do trabalho da análise de comportamento do público. E isso é algo que pode ser realizado com a ajuda de um mapa de calor.

O nível de detalhes do relatório auxilia a compreender melhor o comportamento do visitante, ligando sempre os mapas a outras métricas, como, por exemplo, a taxa de rejeição.

Identificando áreas de melhoria

O Heatmap mostra, ao mesmo tempo, em quais pontos de calor o usuário mais interagiu e quais deles estão sendo mais rejeitados. Isso é uma forma muito objetiva e precisa de concluir quais os locais em que existe a necessidade de melhoras estratégicas.

Para isso, é preciso realizar ainda uma análise em conjunto com outras métricas.

Encontrar pontos que possuem baixo interesse é uma oportunidade excelente para propor otimizações e, logo em seguida, proporcionar a melhora dos resultados futuros.

Importância do mapeamento da navegação de um blog ou site

Importância do mapeamento da navegação de um blog ou site

Quando se realiza o mapeamento de um site ou blog, há muito mais chances de se encontrar melhorias estratégicas para eles. Isso gerará maior interação com aqueles que o visitam.

Todas as informações completas e detalhadas sobre todas as páginas e seus pontos são um rico e valioso material para otimizações.

Vamos ver agora como é importante usar o mapa de calor como estratégia para o Marketing Digital.

1. Gera mais pontos de conversão

Conversões são importantíssimas para uma estratégia de Marketing, independente de qual for o nível em que elas estão no funil de conversão.

Uma assinatura de newsletter que seja, por exemplo, é muito importante. Mas, para conseguir realizar isso, o CTA precisa ser bem posicionado no blog ou site.

O Mapa de Calor pode ajudar a entender as preferências e a navegação do público. A partir daí, os pontos de conversão conseguem ser posicionados de uma forma mais chamativa, indo ao encontro dos hábitos dos usuários.

2. Otimização de conteúdo

Quando os conteúdos são otimizados, eles têm a capacidade de parecer mais interessantes para o público. Os Scroll Maps dão suporte, por exemplo, para verificar a navegação dos visitantes sempre com indicações referentes à permanência em diversas regiões do blog ou site.

Quando os conteúdos são otimizados, há, por exemplo, uma escrita de textos com divisões estratégicas de parágrafos. Utilizando parâmetros de escaneabilidade e mantendo um olho sempre no Heatmap, é possível criar posts com grandes chances de serem lidos até o fim, levando ao CTA em seguida.

3. Redução da taxa de rejeição

Taxa de rejeição é uma das métricas que mais causa impacto em uma estratégia de Marketing voltada para blogs e sites. Existem muitos motivos para que o visitante abandone uma página. Sendo assim, o importante é compreender cada uma delas. O Heatmap auxilia, primeiramente, a entender em qual momento o site ou blog é abandonado.

Com essas informações, é possível ligar as indicações do mapa de calor com as reais motivações, bastando verificar quais dos conteúdos estão relacionados com as atividades correspondentes no mapa.

Após isso, as mudanças devem ser estratégicas para conseguir gerar uma maior permanência do visitante, algo que impacta até mesmo o SEO.

Como é feito o Heatmap

O Heatmap é produzido automaticamente, contando sempre com o suporte de alguma ferramenta. Elas são softwares que realizam esses acompanhamentos das atividades de cada usuário do blog ou site, gerando relatórios. Estes possuem checagens em diversos períodos, de acordo com o que for ajustado.

Para que os mapas de calor sejam criados, todas as atividades dos visitantes são rastreadas. Eles são construídos através da média da navegação, levando-se em consideração todas as visitas daquele período determinado.

Portanto, o mapa de calor é o resultado do trabalho automatizado que faz a checagem de toda a quantidade de usuários.

Principais ferramentas de mapas de calor

Principais ferramentas de mapas de calor

Existem ótimas opções de ferramentas de mapas de calor disponíveis por aí. Elas sempre possuem funcionalidades diferentes e mais aprofundadas para auxiliar nas análises.

Entre as principais, no entanto, existem 3 que se destacam pela entrega de boas funcionalidades e operação simples. Vamos conhecê-las:

1. Mouseflow: essa ferramenta realiza a cobertura completa das atividades e dos intervalos de tempo da visita do usuário totalmente personalizáveis. Ela possibilita a programação de testes A/B e rastreia, ainda, toda movimentação durante a transição de uma página para outra;

2. Hotjar: uma das ferramentas mais usadas no mundo inteiro. Ela permite que se peça um feedback ao usuário, além de suas funções básicas. Os questionamentos são mais diretos e ajudam a compreender os comportamentos que estão fora do comum de um usuário;

3. ClickTale: o seu objetivo é fazer mapas de calor de grande porte, com dados mais detalhados e completos. Serve para aqueles sites que tem um grande volume de acessos e necessita de uma ferramenta mais aprofundada. É muito recomendado para aqueles sites grandes que possuem 500 mil visitas ao mês;

4. Crazy Egg: é uma ferramenta muito simples de utilizar e que traz informações muito relevantes por meio do seu mapa de calor. Sendo assim, entender a jornada do visitante é mais fácil através de gravações de sessões individuais, landing pages com os resultados, mapas de calor e relatórios visuais.

O que fazer depois de ler um Heatmap?

O que fazer depois de ler um Heatmap

O Mapa de Calor é uma ferramenta excelente de avaliação, pois tem o objetivo de desenvolver relatórios detalhados com indicações das atividades dos visitantes nas páginas.

Dessa forma, é um importante aliado, não só para fazer a analise do comportamento dos visitantes, mas também para otimizar blogs e sites.

Como tudo é focado no usuário, é fundamental compreender como ele se comporta perante aquilo que lhe é proposto por aquele que fez o planejamento da página. Por isso, o relatório que resulta do mapa de calor, principalmente quando é ligado a outras métricas, auxilia a traçar estratégias mais rápidas e eficazes para aperfeiçoamento.

Essa é uma maneira objetiva e precisa de traçar as melhores estratégias de Marketing Digital. Como exemplo: um botão de CTA que é pouco clicado faz sentido para o usuário? A frase que está no botão é atrativa? Como o CTA pode ser atrativo?

Sendo assim, não se deve avaliar os pontos de baixo interesse dos visitantes como um grande erro sem correção, e sim como uma oportunidade para aperfeiçoamento que não seria encontrada se não fosse o mapa de calor.

Ao trabalhar com o Mapa de Calor, são gerados maiores pontos de conversão em cada fase do funil. Assim, a ferramenta auxilia no entendimento das preferências de navegação dos visitantes.

Uma das estratégias que poderão ser adotadas é a já citada otimização dos conteúdos, para que tenha maior chance de serem lidos até o final.

Taxa de rejeição é uma das métricas que mais impacta num blog ou site. Por isso que, ao usar o mapa de calor, é possível encontrar maneiras de fazer com que um usuário permaneça na sua página.

O Mapa de Calor é uma proposta eficaz e moderna e que faz muita diferença em uma estratégia de Marketing de organizações de qualquer nível. Otimizar blogs e sites é um trabalho simples e fundamental para que se gere mais permanência e, em consequência, mais conversões.

Você gostou de conhecer o conceito de Heatmap e como um mapa de calor funciona? Então, agora, conte com os nossos especialistas para ajudar a aplicá-lo no seu site para realizar as melhores análises. Entre em contato conosco, tire suas dúvidas e solicite um orçamento.

usabilidade-taxa-conversao-capa
Post anterior
Saiba como a usabilidade pode impactar na sua taxa de conversão
Próximo post
Email marketing para pequenas empresas em tempos de covid19

Aprenda sobre marketing digital!

Fique por dentro das novidades em nosso blog e obtenha o máximo de suas ações de marketing digital.

Email cadastrado com sucesso!