15 49.0138 8.38624 1 0 4000 1 https://www.nitronews.com.br/blog 300 true

Regra #9: não seja um spammer

Já estamos quase no fim da nossa série com as regras de ouro do email marketing, e você com certeza já aprendeu muito e tem muitas ferramentas para criar campanhas muito bem sucedidas. Você já sabe o melhor horário, a melhor maneira de enviar, e já sabe da importância de ter um visual bonito – e que se adapte a todos os tamanhos de tela. Porém, todo esse trabalho será em vão se o seu email for classificado como SPAM pelo destinatário. Além de não impactar o consumidor com a sua oferta ou informação, a reputação dos seus envios será reduzida, e dessa maneira se torna mais difícil que seus emails cheguem a outros clientes.

E é necessário que você tenha muito cuidado no envio das suas campanhas: 21% dos usuários de email relataram que já marcaram como SPAM mensagens de email mesmo sabendo que não era SPAM. Ou seja, eles se inscreveram para receber os emails, mas se irritaram tanto com algum detalhe que marcaram como SPAM mesmo assim. Sendo que cada usuário de email recebe entre 150 e 300 mensagens diariamente, é necessário muito cuidado para que não seja justamente a sua que vai despertar a sua fúria.

Se você pensa que não tem nada a ver com isso, pense novamente: os servidores de email têm uma “taxa de reclamação”. Se o seu envio ultrapassar os 0,02% de reclamações de SPAM, os seus futuros envios serão registrados como tal. Por isso, é fundamental ter cuidado com o conteúdo dos seus emails.

Para conhecimento, essas são as razões mais frequentes que levam os consumidores a marcar mensagens como SPAM:

– Envio muito frequente;

– Dificuldade para cancelar o recebimento;

– O conteúdo da mensagem é muito diferente do esperado;

– Medo de que o email seja vendido para outras empresas;

– O assunto do email é diferente do call to action.

Com o devido cuidado para evitar essas situações, você obterá muito mais sucesso com a sua campanha. Porém, não é só isso que vai determinar que os seus envios sejam classificados como SPAM. Confira outras dicas vitais:

Permissão

Só envie emails para pessoas que concordaram em receber as suas mensagens. Não compre listas prontas, que contém muitos emails inativos e de pessoas que não têm o menor interesse em receber a sua mensagem e que podem classificá-lo como spammer.

Apresente-se

Assim que um novo cliente se inscrever em sua lista, mande uma mensagem de boas-vindas. Dessa maneira ele lembrará que se inscreveu, e as chances de marcar sua mensagem como SPAM diminuem.

Envie conteúdo equilibrado

Não envie apenas mensagens promocionais para seu cliente. Conteúdos informativos e de entretenimento não apenas reforçam a sua marca como também evitam que sua empresa seja classificada como spammer.

Higienize sua lista periodicamente

Não deixe de remover da sua lista emails de contatos que não abrem suas mensagens há tempos.

Personalize suas mensagens

Chamar o cliente pelo nome e enviar mensagens baseadas nos seus interesses faz com que o destinatário acredite que a mensagem foi enviada exclusivamente para ele e diminui o risco da classificação como SPAM.

Post anterior
Dicas para aumentar a taxa de abertura do seu email marketing
Próximo post
Aposte nas cinemagrafias e gifs para criar emails mais atraentes

Aprenda sobre marketing digital!

Fique por dentro das novidades em nosso blog e obtenha o máximo de suas ações de marketing digital.

Email cadastrado com sucesso!